Depois de dois meses internado no Hospital Garcia de Orta, em Almada, a vida de Ângelo Rodrigues volta lentamente ao normal. Uma das coisas que voltou a fazer foi a ser presença assídua nas suas redes sociais. O ator vai dando novidades sobre o seu estado e até tem brincado com a situação em que se encontra.

Numa partilha nos Stories, na sua conta de Instagram, Ângelo Rodrigues mostrou a barra de pesquisas do Google com a sugestão “Ângelo Rodrigues morto”. O ator reagiu escrevendo: “Isto ultrapassa o domínio da minha compreensão terrena. Mas acho graça continuar a escrever-vos do Além”.”Entretanto, deixem-me só falecer em paz”, continuou o ator.

Quem não gostou deste comentário foi Cláudio Ramos que expressou a sua opinião no programa “Passadeira Vermelha” desta quarta-feira, 13 de novembro. O comentador disse compreender que o ator de 32 anos brincasse com a situação, mas expressou também não compreender algumas coisas.

Ângelo Rodrigues recebe mensagem de ginásio a questionar a sua ausência

“Há muita gente que, de facto, se preocupou com o Ângelo. A notícia de que o Ângelo tinha falecido foi passada a muitas pessoas por pessoas que estavam próximas do Ângelo“, começou por explicar Cláudio Ramos.

“É importante que isto fique bem claro. Pelo menos duas ou três pessoas, que são próximas do Ângelo, confirmaram que a situação era delicada e que eventualmente tinha acontecido uma situação mais complicada”, continuou.

“O Ângelo brincar agora em cima de qualquer coisa, ok. Dizer que é incompreensível não é certo, porque as pessoas se preocuparam, é um dado. E volto a dizer, informações dadas por pessoas muito próximas do Ângelo — eu tenho algumas no meu telefone”.