Basta dizer “Friends” e há um nome que nos vem logo à cabeça: Jennifer Aniston. A atriz americana tem 50 anos (é legitimo ficar chocado) e soma à carreira filmes como “Ex-Mulher Procura-se“, “Marley & Eu” ou “Mistério a Bordo“, este último lançado este ano.

Jennifer continua a mostrar que a carreira não estagna e prova disso é o prémio de Ícone do Ano que ganhou esta segunda-feira, 11 de novembro, na cerimónia “People’s Choice Awards 2019”. Pode até dever-se às mais recentes participações em filmes e séries — como o “The Morning Show“, que se estreou a 1 de novembro — mas a série “Friends”, apesar de ter já 25 anos, continua a marcar gerações e a encher a conta bancária da atriz.

“Se posso reivindicar para mim a palavra ‘ícone’, é apenas porque pude participar num programa icónico, com um elenco icónico e um corte de cabelo icónico”, disse a atriz no discurso depois de receber o prémio na cerimónia.

A série continua tão viva — com cada vez mais coleções de roupa na lojas e com as gerações mais novas a começarem agora a ver os mais de 200 episódios épicos — que a revista americana “The Hollywood Reporter” anunciou esta terça-feira, 12 de novembro, que os seis amigos estão a negociar com a HBO Max um episódio especial da série.

A série durou até 2004 e foi tempo suficiente para a atriz se tornar conhecida e a carreira permitir que este ano fosse classificada em agosto pela revista “Forbes” como uma das atrizes mais bem pagas nos últimos tempos. E o que é que a revista entende por bem paga? Cerca de 25 milhões de euros entre julho de 2018 e junho de 2019, que podem aumentar com o regresso da série.

Mostramos-lhe quanto é que a atriz tem ganhado ao longo da carreira e para onde é que o dinheiro tem ido.

16 fotos