O ato de colocar gosto nas fotos do Instagram já faz parte da rotina da maioria das pessoas, mas a aplicação vai eliminar a possibilidade de vermos o número de gostos das fotos das outras pessoas. Esta função apenas continuará visível para as nossas próprias fotos, mas já não será possível gabar-se por ter mais gostos que o vizinho.

Nicki Minaj disse no Twitter: “A partir da próxima semana não vou publicar mais no meu Instagram porque vão remover os likes. O que posso fazer agora com todo o tempo livre na minha nova vida?”.

A cantora americana de 36 anos afirma que vai deixar de usar a aplicação — onde tem cerca de 107 milhões de seguidores — se os gostos deixarem de estar visíveis. Nicki contesta: “Não apoio porque não é uma alteração que irá tornar o Instagram melhor”. Mas muitos utilizadores da plataforma de partilha de imagens aplaudiram esta ideia como uma tentativa de combate à pressão social dos media.  

Sabe qual foi a primeira fotografia partilhada no Instagram?

Mas Nicki não é a única celebridade a entrar na discussão. Kim Kardashian disse ao jornal “Metro” que estava contente por ver que a aplicação ia tentar retirar a visibilidade dos gostos, mas apontou o facto de esta nova alteração poder ter um impacto negativo nas celebridades e influenciadores, que fazem destas plataformas parte do seu trabalho.

“Em relação à saúde mental — o que publicar, quando publicar — acho que a remoção dos gostos vai ser benéfica para as pessoas. E sei que a equipa do Instagram tem falado com bastante pessoas para perceber o que cada um pensa sobre o assunto, que está a ser levado muito a sério”, escreveu Kim. 

Adam Mosseri, CEO do Instagram , anunciou que o objetivo da alteração é “reduzir a ansiedade” e “reduzir a comparação social”. O teste que agora chega aos EUA já começou por ser feito no Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda, Itália e Brasil. Não há previsão de quando é que esta nova funcionalidade chega a Portugal.