No supermercado, em todas as lojas, nos anúncios da televisão — e provavelmente nos seus pesadelos. Com a chegada do Natal, tornamo-nos vítimas de stalking, num crime levado a cabo por todas as canções da época. Anualmente, e na mesma altura, estes temas com barulhos de sininhos e trenós invadem a nossa vida sem permissão e forçosamente tornam-se na banda sonora dos nossos quotidianos.

Mas há um que se torna especialmente insistente: “All I Want for Christmas Is You”, o tema do álbum “Merry Christmas“, lançado por Mariah Carrey, em 1994 —  o melhor exemplo da confusa sensação de amor-ódio, não fosse ele também uma mistura entre o angelical e diabólico.

E porque é importante mantermos os nossos inimigos por perto, aqui estão 16 factos reunidos pela “Cosmopolitan“, com tudo o que deve saber o tema mais natalício do Natal, que acaba de fazer 25 anos.

  1. Mariah Carrey em tour

Para celebrar os 25 anos do tema, a cantora Mariah Carrey prepara-se para embarcar numa tour americana, a decorrer na época das festas. Arranca a 22 de novembro em Las Vegas, no estado do Nevada, e só termina no final de fevereiro, no mesmo local. Entre estes dois espetáculos, vai passar por Atlantic City, Nova Iorque, Connecticut e Boston. Caso ande pelo continente americano, saiba que os bilhetes estão disponíveis online.

2. A nova versão de 2019

25 anos depois, Mariah Carrey lançou uma edição deluxe, que celebra o aniversário do tema. No vídeo, incluiu imagens inéditas.

3. Em 2018, foi tema recorde global no Spotify

E aqui está a prova do amor-ódio: por mais que o tema nos leve à beira da loucura, mais de 20 anos depois, ainda é pesquisado e ouvido em todo o mundo. Em 2018 quebrou o recorde global de streaming de um dia no Spotify. A 24 de dezembro deste ano, teve mais de 10,8 milhões de transmissões.

4. A música foi escrita em cerca de 15 minutos

Conta a “Cosmopolitan” que o tema foi escrito em cerca de 15 minutos por Mariah Carrey e o compositor Walter Afanasieff, que terá dito: “Não é definitivamente o Lago dos Cisnes”. Acrescentou: “Mas é por isso que é tão popular”, numa alusão à simplicidade da canção.

5. Foi o quarto álbum de estúdio de Mariah

Mariah Carrey já estava de carreira lançada no tempo em que lançou o tema. Foi o seu quarto álbum de estúdio, mas o primeiro dedicado à altura das festas natalícias.

6. Ela não o queria gravar

Pela altura em que foi gravado, álbuns para o Natal eram regra geral lançados por artistas mais velhos. No livro “Hitmaker: The Man and His Music”, Tommy Mottola, na altura de Mariah Carrey e produtor musical, lembra o momento em que a cantora viu a capa do álbum “Merry Christmas” e disse: “O que é estás a tentar fazer? Transformar-me na Connie Francis?”.

7. Quem era o pai Natal do videoclip?

Surpresa: era precisamente o marido Tommy Mottola a interpretar a figura do pai natal, que, no vídeo, leva um presente à cantora, partindo de seguida num trenó vermelho.

8. Há outra canção com o mesmo nome

Ups. O nome do tema interpretado por Mariah Carrey já tinha dono. Vince Vance & The Valients lançaram uma canção de country chamada “All I Want For Christmas is You”, em 1989.

9. A canção é um sucesso mundial

Confirma-se a suspeita: a música persegue pessoas por todo o mundo. Foi o tema número dois na Austrália, Japão, Holanda, Noruega ou Reino Unido, tendo estado no top 10 de muitos outros.

10. Foi gravado no verão

Mariah e o compositor tiveram de sentir a época natalícia meses antes de ela acontecer. O tema foi gravado m agosto. Mas eles entraram no espírito: Tivemos árvores de Natal e luzes trazidas para o estúdio para nos deixar com disposição”, disse Afanasieff, citado pela “Cosmopolitan”, acrescentando de que houve quem tivesse a ideia de levar neve para o estúdio. “Mas não concordámos com isso, graças a Deus”.

11. É o 11.º single mais vendido

É de uma popularidade doida: o single foi o amor da cantora e o 11.º mais vendido de todos os tempos, com mais de 14 milhões de cópias compradas no mundo.

12. Também é uma enorme fonte de lucro

Não é de admirar: desde 2013 que o tema ganhou 50 milhões de dólares em royalties. E não provavelmente continuar a somar-se dinheiro a este valor. A música é um sucesso eterno.

13. Não há uma banda a tocar

Toda a música foi arranjara digitalmente. A única coisa real é a voz de Mariah Carrey, bem como a das cantoras secundárias.

14. Deu origem a um livro

Maria Carrey lançou um livro com animações chamado “All I Want For Christmas is You”. Está à venda por 7,93 € na Amazon.

15. O tema tem três videoclips

Há o clássico de 1993, mas há mais dois: um alternativo, inspirado na girls band americana dos anos 70, The Ronettes, e ainda um remix animado.

16. A música tem covers que não acabam

Todos quiseram interpretar o tema, desde Demi Lovato, a Shania Twain ou My Chemical Romance. Também integrou filmes, como o também típico natalício “O Amor Acontece”.