2019 foi especialmente polémico para a família real britânica. Depois de uns anos mais tranquilos e pacíficos, sem grandes confusões à mistura, este foi o ano de controvérsias no que diz respeito ao duques de Sussex. Depois do casamento e do anúncio do primeiro filho, Meghan e Harry não tiveram 365 dias fáceis.

Os protestos anti-Meghan começaram no início do ano e prolongaram-se durante os meses seguintes. O dinheiro gasto nas obras de remodelação, a zanga entre irmãos e as férias polémicas que os duques de Sussex fizeram, reacenderam ainda mais a chama. O culminar disto tudo foi só um: Harry colocou em tribunal tablóides ingleses por invasão de privacidade.

Ranking da realeza: Meghan Markle está em 1.º na lista das mais gastadoras de 2018

Mas se o ano de 2019 parece ter pertencido aos duques de Sussex — afinal, foi neste mesmo ano que nasceu o primeiro filho —, houve outros membros da família real que tiveram tanta ou mais exposição. Um deles é o terceiro filho de Isabel II, que se viu envolvido num escândalo sexual por alegadas ligações a Jeffrey Epstein.

Recorde 17 momentos mediáticos da família real em 2019.

O movimento anti-Meghan e a página de Instagram encerrada

Meghan Markle

POOL/AFP via Getty Images

O ano começou por revelar que causas a duquesa de Sussex iria apoiar. As artes, o acesso à educação, apoio às mulheres e o bem-estar dos animais foram algumas das áreas a que se dedicou. O National Theatre, a Associação de Universidades da Commonwealth — ambos cargos cedidos pela Rainha Isabel II — a organização Mayhew e a Smart Works ficaram assim à responsabilidade de Markle.

Foi também neste mês que se ficou a saber que Meghan tinha encerrado a sua conta de Instagram privada. A atriz fechou uma primeira conta quando se juntou à família real, mas mantinha outra, privada, para poder seguir familiares e amigos. A ex-atriz terá então apagado esta segunda conta por altura do Natal e para “se proteger”, depois de ter visto comentários desagradáveis que a tinham deixado “isolada e sozinha”.

#Megxit. Há um movimento anti Meghan Markle nas redes sociais

Mas janeiro ainda não tinha acabado. Por volta dessa altura, começaram a surgir hashtags nas redes sociais contra Meghan. #Megxit, #TheCharlatanDuchess e #NotMyDuchessEver foram apenas alguns exemplos que se tornaram virais. Os utilizadores acusavam Markle de usar barriga falsa durante a gravidez, duvidavam da sua veia humanitária e chamavam-lhe “sociopata, narcisista e manipuladora”.

Príncipe Filipe bate em carro que transporta bebé

Príncipe Filipe

O início do ano também não foi fácil para o marido da rainha. Em janeiro, o duque de Edimburgo ia a conduzir o seu carro sem cinto quando embateu contra outro veículo. Lá dentro estava uma professora de 28 anos com o filho de 9 meses e outra mulher. A mulher de 46 anos partiu o pulso e lamentou que o príncipe Filipe não tenha pedido desculpa pelo acidente. “Tenho sorte por estar viva e ele ainda nem pediu desculpa. Foi uma experiência traumática e dolorosa e esperava mais da família real”, disse

Ainda assim, a mesma mulher garantiu que dias mais tarde recebeu uma mensagem de voz da dama de companhia da rainha. “Olá, estou a ligar da Sandringham House. Foi a rainha que me pediu para lhe telefonar e para lhe transmitir os mais calorosos votos após o acidente. Sua Majestade está ansiosa por saber como é que se encontra e espera que tudo esteja tão bem quanto se pode esperar. Estamos todos a pensar em si”.

Príncipe Filipe bate em carro que transporta bebé. Polícia pede às vítimas “discrição”

Segundo a imprensa britânica, o marido da rainha Isabel II terá ficado com a vista ofuscada pelo sol. O seu carro girou várias vezes até à faixa de rodagem onde se encontrava o carro com as duas mulheres e o bebé de 9 meses.

Os irmãos de costas voltadas

Harry e William

Getty Images

A notícia de que poderia haver um mau ambiente entre William e Harry não era novidade, mas em fevereiro surgiu um documentário que pôs as culpas em cima de Meghan. Os irmãos terão falado acerca do relacionamento de Harry e Meghan e o filho mais novo de Diana terá levado a mal a preocupação do irmão. “Tudo o que oiço é que o Harry foi completamente seduzido por Meghan e que mudou consideravelmente”, disse Lady Colin Campbell, a biógrafa da realeza na mesma altura.

Mas os rumores da crise entre os dois mantiveram-se. Primeiro porque William e Harry chegaram separados à missa de Páscoa, uma dinâmica pouco comum entre os dois, já que costumam chegar juntos aos eventos familiares. O facto de Meghan e Harry terem abandonado o palácio de Kensington (onde Kate, William e os três filhos vivem) e terem ido para a Frogmore Cottage, em Windsor, também gerou alguma controvérsia.

A relação de William e Harry está à beira da rutura? 5 momentos-chave que podem explicar o que se passa

Para além da má relação entre os irmãos, a mudança dos duques de Sussex poderá, no entanto, ter outra explicação. Na altura, fontes garantiram que o estilo do palácio londrino não era adequado à vida que gostavam de levar, e que precisavam de ter alguma privacidade, já que vinha um bebé real a caminho.

O baby shower de Meghan que irritou a realeza britânica

Meghan Markle

GC Images

A relação dos irmãos William e Harry já não estava perfeita. Por isso, quando Meghan Markle decidiu fazer um baby shower luxuoso em Nova Iorque com as amigas, a imprensa avançou que o laço esfriou ainda mais. Segundo o mordomo que serviu a princesa Diana, William terá ficado furioso quando soube da celebração. Ainda que a família real seja das mais mediáticas do mundo, os príncipes querem distanciar-se do conceito de “celebridade”.

“Apesar de William se dar com celebridades de primeira linha, ele não as leva para casa. Não são amigos, são pessoas com quem trabalha. O mundo das celebridades em que Meghan estava submersa parece ser o lugar onde todos os seus amigos estão, e isso só pode significar um desastre”, disse o mordomo na mesma altura.

Como mudou o estilo de Meghan Markle em Nova Iorque

A rainha e os duques de Sussex no Instagram

A primeira publicação de Meghan e Harry no Instagram

2019 foi um bom ano para quem segue a família real britânica no Instagram. Já se sabe que as contas da realeza são geridas por profissionais e, por isso, foi com grande entusiasmo que se percebeu que a rainha tinha assinado uma publicação no Instagram, em março. A partilha vem na sequência de uma visita ao museu da ciência e dá conta de uma carta escrita em 1843 ao príncipe Alberto.

“Hoje, enquanto visitava o Museu da Ciência descobri uma carta dos arquivos reais, escrita em 1843 ao meu bisavô, o príncipe Alberto. Charles Babbage, um dos pioneiros na tecnologia de computadores, desenhou um engenho cujo protótipo o príncipe Alberto teve a oportunidade de ver em 1843”, pode ler-se na publicação. No final da publicação, a monarca despede-se, assinando com um simples Elizabeth R..

A Rainha Isabel II fez a primeira publicação no Instagram

Mas as novidades no Instagram não terminaram aqui. Em abril, os duques de Sussex deixaram a página conjunta com William e Kate e aventuraram-se numa página a solo. Arrancou com apenas uma publicação: uma galeria com várias fotografias do casal e a imagem no monograma. Em apenas 30 minutos, arrecadaram 50 mil seguidores.

O nascimento de Archie

Meghan, Harry e Archie

O príncipe Louis, filho de Kate e William, comemorou o primeiro aniversário a 23 de abril. Passadas poucas semanas, o mundo parou: o primeiro filho de Meghan Markle e do príncipe Harry tinha acabado de nascer. Archie Harrison Mountbatten-Windsor nasceu a 6 de maio, mas só foi apresentado ao mundo dois dias depois, no castelo de Windsor.

A apresentação de Archie foi diferente daquela a que estamos habituados: não aconteceu nas escadas no hospital St. Mary’s, nem estavam dezenas de fotógrafos prontos para tirar a primeira fotografia. Em vez disso, Meghan e Harry escolheram apenas um fotógrafo, um repórter e três câmaras para a entrevista que decorreu na manhã de 8 de maio. E isto gerou polémica.

Duques de Cambridge Vs. Duques de Sussex. Diferenças e semelhanças na apresentação do bebé real

Para além da (pouca) imprensa britânica presente, esteve também um canal americano. Esta atitude foi vista como uma afronta à comunicação social britânica. Mas há mais: houve quem afirmasse que a hora a que Archie foi apresentado ao mundo teve em conta o horário norte-americano, de modo a que fosse possível coordenar com os programas da manhã.

O afastamento da rainha e do marido

A rainha Isabel II e o duque de Edimburgo

Getty Images

O príncipe Filipe celebrou 98 anos a 10 de junho e foi precisamente nesse mês que vieram a público detalhes da sua relação com a rainha. Segundo fontes, o casal tem “vidas separadas” e até passam “várias semanas” sem se ver. O facto de o duque de Edinburgo viver na casa de campo Wood Farm, em Norfolk, poderá explicar este afastamento.

Isabel II faz 93 anos e há muitas histórias para contar

Segundo a imprensa, o pai de Carlos passa os dias a ler, a pintar e a andar de cavalo – uma vida bem mais recatada daquele que teria se vivesse em Londres com a rainha. Mas, ainda que passem várias semanas sem se ver, existem fontes que garantem que os dois falam ao telefone todos os dias.

Meghan e a “Vogue” britânica

Meghan Markle

Estávamos em junho quando se soube que Meghan Markle ia aparecer na revista de moda “Vogue”. Ainda que se esperassem fotografias e uma entrevista sobre a duquesa, Meghan trocou as voltas. A ex-atriz foi a editora convidada da edição de setembro, a mais relevante do ano, escreveu um editorial sobre as causas que lhe são próximas e ainda decidiu a capa da revista. 15 mulheres que a inspiram coloriam a primeira página da edição de setembro da versão britânica da “Vogue”.

A polémica em torno das obras de renovação da nova casa de Harry e Meghan

Harry e Meghan

Como referimos no início, o ano de 2019 foi atribulado para os duques de Sussex, que tiveram de enfrentar várias polémicas. Depois de saírem do palácio de Kensington, em Londres, Meghan e Harry mudaram-se para Frogmore Cottage, uma propriedade perto do castelo de Windsor. A mudança gerou polémica, mas as obras de renovação também.

Segundo a imprensa especializada, as obras de renovação e manutenção custaram mais de 2,6 milhões de euros e o dinheiro terá vindo dos contribuintes, mas também do bolso dos próprios duques. Os trabalhos de renovação na propriedade da família já estariam “pensados”, e essa fatia terá sido paga pelos ingleses. Outras partes da remodelação, como “grande parte dos equipamentos e acessórios”, terão sido pagos por Meghan e Harry.

Piers Morgan compara Meghan Markle às Kardashian

Esta situação não agradou aos ingleses e o próprio apresentador Piers Morgan mostrou-se descontente sobre o facto de terem sido gastos mais de 2,6 milhões de euros em obras de remodelação e renovação.

O batizado de Archie

O batizado de Archie

Dois meses depois de ter nascido, o primeiro filho de Harry e Meghan foi batizado numa cerimónia íntima e privada. A discrição foi palavra de ordem e por isso apenas foram conhecidas duas fotografias oficiais e pouco se sabe da cerimónia em si. A ausência mais notada foi a da rainha Isabel II que não pôde estar presente devidos a compromissos oficiais.

Quem não deixou de comentar a batismo de Archie foi o pai de Meghan, que não foi convidado para a celebração. “Foi-me perguntado se eu gostava de ter ido ao Reino Unido para ver o meu neto a ser batizado”, disse Thomas Markle. “Fui acólito aos 12 anos, um membro da igreja da rainha aos 14 e Archie é meu neto. Por isso, claro que gostava de ter estado lá para a bênção e desejar ao Archie e aos pais saúde e felicidade”.

A evolução dos batizados da família real britânica — veja as fotos

Charlotte deitou a língua de fora num evento – e derreteu os fãs

Charlotte e Kate Middleton

Dos três filhos dos duques de Cambridge, Charlotte parece ser a mais extrovertida. É ela que acena aos fotógrafos, faz gracinhas e até deita a língua de fora em eventos oficiais. Em agosto, Kate e William participaram numa regata e levaram os dois filhos mais velhos. Middleton encorajou a pequena Charlotte a acenar a multidão. Em vez disso, deitou a língua de fora.

Num vídeo, é possível ver que a mãe lidou com a situação da melhor maneira. Kate fica surpreendia, ri-se e encaminha a filha para outro sítio. Segundo a imprensa britânica, este gesto foi altamente elogiado pelos fãs.

Charlotte deitou a língua de fora num evento — e não foi a primeira a fazê-lo

As férias polémicas de Meghan e Harry

Harry e Meghan

WireImage

Os duques de Sussex são conhecidos pela sua veia ambientalista, por isso, foi com surpresa que os fãs receberam a notícia de que tinham ido de férias a bordo de um avião privado. O casal voou até Ibiza e há quem garanta que os gastos com os voos podem ter ultrapassado os 22 mil euros. Mas o que afinal era uma viagem, transformou-se em quatro viagens em apenas 11 dias.

Quem saiu em defesa de Meghan e Harry foi Elton John, amigo próximo da princesa da princesa Diana. O cantor condenou a cobertura que a comunicação social fez sobre as férias do casal e explicou que tinha sido ele a disponibilizar o seu jato privado para os duques e que, na mesma ocasião, tinha pago um contribuição à Carbon Footprint, tornando assim o voo neutro em termos de emissões de carbono.

Meghan e Harry vão de férias num avião privado e são acusados de incoerência

O escândalo das relações entre o príncipe André e Jeffrey Epstein

Príncipe André

A polémica rebentou no final de agosto: haviam sido descobertas ligações entre Jeffrey Epstein, acusado de agressão e tráfico sexual, e um dos filhos de Isabel II. Foram publicadas fotografias que mostravam o príncipe André numa das mansões do magnata, em 2010. “Fiquei hospedado em algumas das suas residências. Durante esse tempo eu conhecia-o e via-o com pouca frequência, provavelmente não mais do que uma ou duas vezes por ano”, disse o príncipe em comunicado.

“Em nenhum altura vi, presenciei ou suspeitei de algum comportamento do tipo que o levaram depois a ser preso e condenado”, continuou. O escândalo, ainda que tinha diminuído, não foi esquecido. Beatrice, a filha mais velha do duque de York, está noiva e existem rumores de que não quer que o pai a leve ao altar devido a e esta polémica.

Meghan e Harry em África – e as novas fotografias de Archie

Archie, Meghan e Harry

Meghan, Harry e Archie fizeram a primeira viagem oficial enquanto família no final de setembro. Os três rumaram até à África do Sul para conhecer diversas organizações de solidariedade e chamar a atenção para os vários problemas do país. Harry recriou a famosa fotografia da mãe a caminhar num campo de minas, em Angola, para chamar a atenção para o problema.

Meghan e Harry em África. O look em homenagem a Diana e o novo nome de Archie

Tanta ou mais atenção do que estes eventos, foi o facto de os duques darem a conhecer as feições do primeiro filho. Desde julho que Archie não aparecia em público, por isso, a viagem a África foi a desculpa perfeita para darem a conhecer aos fãs o filho – que se parece muito com o pai.

O noivado de Beatrice

Beatrice e Edoardo Mapelli Mozzi

Depois de a princesa Eugenie ter casado em 2018, a irmã, a princesa Beatrice, anunciou o seu noivado no final de setembro. O palácio de Buckingham confirmou que a filha mais velha do príncipe André e da duquesa de York, Sarah Ferguson, está noiva do empresário Edoardo Mapelli Mozzi.

O comunicado adiantou ainda que o pedido foi feito em Itália e que a princesa está “extremamente feliz”. Os pais e a irmã de Beatrice também já reagiram nas redes sociais. O príncipe André disse estar “muito feliz” com o noivado e que deseja as “melhores felicidades” para os dois. Eugenie também parabenizou o casal e adiantou que tinha sido ela a tirar a fotografia do anúncio de noivado.

Princesa Beatrice, neta de Isabel II, está noiva

O processo aos tablóides britânicos

Príncipe Harry

Foi em outubro que se soube que o príncipe Harry ia processar tablóides ingleses. O primeiro foi o “Mail on Sunday”, por ter divulgado uma carta de Meghan para o pai. Num comunicado divulgado, Harry explica que a mulher se tornou “numa das últimas vítimas da imprensa tabloide britânica que faz campanhas contra indivíduos sem pensar nas consequências – uma campanha implacável que escalou no último ano”.

Depois deste, mais dois jornais foram vítimas de um processo por parte do príncipe Harry. O “The Sun” e o “Mirror” foram processados por alegadas escutas telefónicas ilegais.

Meghan assume dificuldade na maternidade

Meghan Markle

Meghan Markle tem sido uma pessoa discreta no que diz respeito à sua privacidade. Ainda assim, abriu o seu coração num documentário exibido em outubro. Ao jornalista Tom Bradby, que acompanhou a visita dos duques de Sussex a África, Meghan explicou as dificuldades da gravidez e emocionou-se quando o profissional lhe perguntou como estava a lidar com a pressão. “Obrigada por perguntar, porque poucas pessoas me perguntam como estou”, disse a duquesa.