O mistério é a alma deste negócio. Nunca deram a cara, nem mesmo quando é hora de receberem os prémios que os indicam como um dos melhores blogues do ano.

“Estamos casados há alguns anos e temos alguns filhos. Adoramos comer bem e viajar muito”. É assim que se apresentam ao público e, se for um amante de fotografias bonitas e receitas de fazer arregalar os olhos, com esta informação já fica bem servido.

O Casal Mistério tem dedicado os últimos anos ao blogue no qual escrevem críticas de hotéis e restaurantes e onde também escrevem receitas, umas próprias e a maioria replicadas de outros sites da especialidade.

Já organizaram dois festivais de brunches, um em Lisboa e outro no Porto, já lançaram dois livros e com este, o terceiro, pediram a alguns dos mais aclamados chefs portugueses para partilharem as receitas que fazem em casa e ainda compilaram as receitas com mais visualizações do site que criaram em 2013, depois de um almoço no qual lhes foi servido um salmão seco e sem graça.

“As 99 melhores receitas do Casal Mistério” é mesmo isso que o título diz. Destas 99, escolhemos para partilhar aquelas que tiveram mais sucesso no site, em cada um dos segmentos. Há receitas para pequeno-almoço, para quem está de dieta ou para quem não quer saber de calorias.

Para nos fazer levantar da cama

Smoothie de banana e manteiga de amêndoa com topping de coco e framboesas

Ingredientes:
1 banana grande
200 gr. de framboesas
120 ml de leite de amêndoa sem açúcar
1⁄2 chávena de gelo
2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa
1 colher de sopa de mel
Toppings:
5 morangos cortados às fatias
30 gr. de granola
2 colheres de sopa de coco ralado
65 gr de framboesas
Um fio de mel

Preparação:
Bata uma banana grande, as framboesas, o leite de amêndoa, o gelo, a manteiga de amêndoa e o mel. Durante quanto tempo? Até ficar aveludado, pois então! Passe para uma taça e finalize com os toppings: morangos, granola, coco ralado, framboesas e um fio de mel.

Para enganar a fome

Bolachas de banana deliciosas e saudáveis com apenas 2 ingredientes

Ingredientes para 16 bolachas:
2 bananas grandes esmagadas
180 g de flocos de aveia sem glúten
Pode acrescentar:
Extrato de baunilha
Pepitas de chocolate
Pepitas de manteiga de amendoim
Nozes, amêndoas ou nozes-pecãs picadas
Flocos de coco
Pepitas de cacau

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180°C. Coloque os flocos de aveia num liquidificador e pique bem, até a aveia ficar com a consistência de uma farinha. Coloque numa taça e acrescente a banana esmagada — até obter uma massa homogénea e macia. Depois, se quiser, adicione um, ou mais, dos ingredientes extra a seu gosto.
Nós usamos muitas vezes pepitas de chocolate e amêndoas picadas. Com a ajuda de uma colher de sopa, coloque a massa num tabuleiro de ir ao forno, forrado com papel vegetal. Esmague ligeiramente com uma espátula de borracha. Deixe no forno durante nove a doze minutos
ou até as bolachas ficarem prontas. Retire-as do forno e deixe arrefecer. Estas bolachas duram vários dias se forem guardadas num recipiente bem fechado.

Para partilhar com os amigos

O húmus mais cremoso e delicioso do mundo

Ingredientes para 6 a 8 pessoas:
200 g de grão seco
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
4 dentes de alho com casca
80 ml de sumo de limão espremido no momento
1 colher de chá de flor de sal
150 g de tahini (pasta de sésamo) de boa qualidade
• Uma pitada de cominhos ralados
• Azeite
• Salsa picada
• Paprica a gosto

Preparação:
Um dos segredos desta receita é deixar o grão submerso em bicarbonato de sódio e água. É isso que vai tornar a pele do grão muitíssimo mais suave do que normalmente é, aumentando o seu pH. Por isso, comece por colocar, numa taça grande, em cima do balcão da cozinha, o grão com uma colher de chá de bicarbonato de sódio e muita água. Deixe assim de um dia para o outro. O grão vai aumentar, quase duplicando o seu volume, por isso ponha bastante água.
No dia seguinte, escorra o grão e coloque-o numa panela com a outra colher de chá de bicarbonato de sódio, cobrindo com água dez centímetros acima. Acenda o lume no máximo até levantar fervura, enquanto vai retirando as partículas que sobem à superfície. Baixe o lume para médio, tape a panela e deixe cozer durante uma hora e pouco, até o grão ficar bem tenrinho.
Agora, o segundo segredo: para o húmus ficar bem cremoso, o grão tem de ser cozido bastante tempo e ficar mesmo a desfazer-se. Quando estiver pronto, escorra.

Para comer em família

O segredo para fazer um salmão no forno sem o deixar secar

Ingredientes para 4 pessoas:
750 g de lombo de salmão alto com pele (inteiro ou às postas)
1 colher de chá de azeite extra virgem
Flor de sal
1 raminho de tomilho fresco
Iogurte grego e cebolinho picado para acompanhar

Preparação:
O segredo é cozinhar o peixe a baixa temperatura, para que fique tenrinho, suculento, hidratado e cozinhado de forma uniforme ao longo de toda a posta — tanto nas entranhas mais profundas como na superfície mais exposta. Por isso, pré-aqueça o forno a 135°C.
Depois, sobre um pirex pincelado com metade do azeite, coloque as postas de salmão com a pele para baixo. Pincele o resto do azeite por cima do peixe e tempere com a flor de sal. Antes de levar ao forno, coloque metade do tomilho por baixo do salmão e a outra metade por cima.
Deixe cozinhar durante 15 a 35 minutos, dependendo da grossura do salmão. A grande vantagem deste segredo:
enquanto, com a temperatura do forno mais elevada, um minuto a mais pode ser a diferença entre o paraíso e o inferno da secura, com a cozedura a baixa temperatura essa margem é muito maior.
A técnica para perceber quando o peixe está pronto é ir espetando um garfo de servir, com dois dentes, na parte mais alta da peça. Assim que o garfo entrar sem sentir resistência e a pele se separar facilmente, é sinal de que o peixe está pronto. Mesmo que pareça cru e transparente por cima, não se preocupe: está ótimo.

Para levar para o trabalho

Papas de aveia e chia, uma receita vegan, sem glúten nem açúcar

Ingredientes:
1 banana bem madura esmagada
2 colheres de sopa bem
cheias de sementes de chia
30 g de flocos de aveia sem glúten
1⁄4 de colher de chá de canela
160 ml de leite de amêndoa
80 ml de água
Toppings
Amêndoas tostadas
Sementes de abóbora
Canela
Flocos de coco tostados
Arandos secos

Preparação:
Na noite anterior, antes de ir para a cama, esmague uma banana bem madura numa taça média. Junte as sementes de chia, a aveia, a canela, o leite de amêndoa e a água, até obter uma mistura macia e homogénea. Tape e deixe no frigorífico durante a noite.
De manhã, antes de sair, só tem de colocar a mistura de aveia numa panela, em lume médio-alto, até ferver. Reduza o lume imediatamente para médio-baixo e vá mexendo até engrossar. Coloque as papas de aveia bem quentes numa taça e decore com amêndoas, sementes de abóbora e canela.
Também pode espalhar uns flocos de coco tostados ou uns arandos secos.

Para não engordar

Panquecas de banana e aveia com manteiga de amendoim

Ingredientes:
2 bananas maduras
2 ovos
50 g de flocos de aveia
60 g de manteiga de amendoim
50 g de pepitas de chocolate preto
Uma pitada de flor de sal

Preparação:
Esmague bem as bananas numa taça. Junte os ovos e bata até ficar tudo bem ligado. Depois, acrescente os restantes
ingredientes, enquanto continua a misturar.
Agora, só tem de aquecer uma frigideira, com um fio de óleo de canola, deitar uma concha pequenina da massa das panquecas e deixar cozinhar durante dois a três minutos, até começar a ver bolhas a formarem-se à superfície. Vire a panqueca e cozinhe-a do outro lado, durante mais um a dois minutos, até começar a ficar dourada.
Sirva com umas rodelas de banana, umas pepitas de chocolate preto e um fio de xarope de ácer por cima.

Para a engorda

Bolo de limão com iogurte grego

Ingredientes:
3 ovos L
200 g de açúcar
230 g de iogurte grego natural
120 ml de óleo de canola
2 colheres de sopa de raspas de limão
1 a 2 colheres de sopa de extrato de limão
200 g de farinha
2 colheres de chá de fermento
Uma pitada de sal
Para o extrato de limão:
1 kg de limões
700 ml de vodka
Para a cobertura:
130 g de açúcar de confeiteiro
3 colheres de sopa de sumo de limão espremido no momento

Preparação:
Se não conseguir encontrar um bom extrato de limão à venda, pode fazê-lo facilmente em casa. Só precisa é de fazê-lo
com antecedência mas depois pode guardá-lo à vontade.
Raspe a casca dos limões com um zester para ficar com fios de casca compridos. Atenção porque deve aproveitar ape-
nas a parte amarela da casca. Se retirar a parte branca, vai ficar com um extrato amargo e desagradável.
Coloque os fios de casca num frasco onde estes ocupem três quartos do espaço. Encha o resto com um vodka de boa qualidade. Tape o frasco e agite-o bem antes de o guardar num armário escuro, onde não entre luz, durante cerca de quatro semanas.
Vá agitando o frasco regularmente durante a primeira semana e, de vez em quando, ao longo do resto do tempo.
Quando o extrato de limão estiver ao seu gosto, retire as cascas e passe o líquido para outro frasco limpo. Guarde no frigorífico.
Resolvido o extrato de limão, vamos ao bolo!
Comece por juntar os ovos, o açúcar e o iogurte grego numa taça grande e bata até ficar tudo bem misturado. Acrescente o óleo sem parar de bater e depois as raspas e o extrato de limão. Quando estiver tudo bem ligado, adicione a farinha, o fermento e o sal. Tenha cuidado para não bater demais — é normal se a massa ficar ainda com uns grumos no meio.