A passadeira vermelha do Palácio de Congressos e Exposições de Sevilha, Espanha, encheu-se de celebridades este domingo à noite, 3 de novembro, na cerimónia do MTV EMAs 2019. O evento ficou marcado por muitas atuações, vitórias, mas também algumas derrotas.

Uma delas é a de Anitta, que depois de cinco anos consecutivos a ganhar o prémio de Melhor Atuação Brasileira, perdeu a corrida para que Pabllo Vittar pudesse estrear-se.

Houve também quem fosse destacado com um dos prémios de música, mas não o recebesse no momento. É o caso de Taylor Swift, que estava nomeada para quatro prémios e acabou por ganhar o de Melhor Vídeo e Melhor Artista dos EUA. Nicki Minaj venceu o prémio de Melhor Artista de Hip-Hop, Martin Garrix foi reconhecido como o Melhor Artista de Eletrónica e Billie Eilish, nomeada para seis prémios, venceu os de Melhor Canção e Melhor Novidade.

Mas muito mais aconteceu na cerimónia. Mostramos-lhe os 5 momentos que se destacaram.

1. Niall Horan anuncia novo single

Foi a primeira vez que o cantor da banda One Direction pisou a passadeira vermelha do MTV EMAs. Quando chegou, o artista foi entrevistado pela cantora e apresentadora do evento, Becky G.

“Estou muito entusiasmado e vou atuar com o novo single pela primeira vez”, refere Niall Horan.

O próximo disco ainda não tem nome ou data de lançamento. Mas o cantor dá alguns palpites sobre o que pode vir a acontecer no novo álbum quando a apresentadora pergunta se é possível que haja uma colaboração com Liam Payne, outro dos membros da banda, já que os dois fazem um bom trabalho juntos.

“Escrevemos uma ou duas canções de vez em quando e se vier a haver alguma boa vamos lançá-la, sim”, adianta Niall Horan.

MTV EMAs 2019. Conheça todos os premiados da cerimónia deste ano

2. Dua Lipa destaca-se numa atuação com um cenário marcante

Don’t start now” foi a música interpretada pela cantora britânica Dua Lipa que abriu a cerimónia e surpreendeu em todos os sentidos. Além de dar a conhecer o mais recente single, a atuação contou com uma performance de peso.

Foi num cenário completamente em amarelo que a cantora surgiu num body preto que se destacava entre as bailarinas de body amarelo. Não se sabem mais detalhes sobre o novo álbum, mas quem sabe talvez possa valer uma nomeação para o próximo MTV EMAs.

3. Becky G é a apresentadora e também a estrela da entrada do MTV EMAs

A artista Becky G apresentou o MTV EMAs de 2019, mas das entrevistas na passadeira vermelha passou para o palco onde interpretou não um, mas vários sucessos da sua carreira — como “Sin Pijama“, “Mayores” e “24/7.

A cantora não esteve sozinha no palco, levando consigo Akon Raves para apresentar a nova canção, “Cómo No“, que resulta de uma colaboração entre os dois artistas.

“Eu precisava de alguma diversidade neste álbum e de alguma figura feminina neste álbum. E eu pensei ‘eu sei que tens uma ligação comigo, eu quero associar-me a ti e tenho a certeza de que teremos uma boa ligação'”, diz Akon Raves numa entrevista na passadeira vermelha.

O espetáculo dos dois artistas incluiu uma entrada em carros alegóricos, uma batida de tambor de Akon e a roupa brilhante de Becky.

4. A atuação e o prémio de Rosalía

A cantora espanhola começou a ser mais conhecida no mundo da música desde que lançou o tema “Malamente” e, desde então, tem sido um ano em cheio. Esta canção já lhe valeu o prémio Melhor Interpretação Urbana nos Grammy Latino de 2018, e este ano já ganhou mais três.

O mais recente foi recebido na cerimónia deste domingo — o prémio de Melhor Colaboração com a música “Con Altura“. Mas antes de receber a notícia, Rosalía fez uma das performances mais notáveis da noite.

Isto porque o público parecia saber de cor toda a canção “Di Mi Nombre“, e porque o cenário envolvente das sombras e dos tons vermelhos criavam um ambiente intenso.

5. “Wonderwall” supera o entusiasmo do recente single de Liam Gallagher

Liam Gallagher foi reconhecido como o Ícone do Rock, título a que fez jus quando atuou para fechar a noite. Apesar de ter apresentado uma novidade, “Once“, a canção que mais fez vibrar a plateia que estava a assistir à cerimónia de entrega de prémios foi o clássico “Wonderwall” da banda Oasis.

“Once” começou com a luzes baixas e com muita atenção dos espectadores à letra da nova canção. A meio da performance, o acústico transitou para “Wonderwall”, cujos primeiros acordes criaram agitação e seguiu-se um uníssono do público que começou a cantar o tema de 1995.