Roupa e calçado de bebé e criança são sempre queridos, independentemente da marca ou da estação. E até quem não tem filhos se derrete com estas mini peças. As de outono/inverno conseguem ser ainda mais amorosas, uma vez que eles parecem autênticos ursos de peluche com os seus gorros, cachecóis e casacos.

São cada vez mais as marcas com oferta para bebé e criança, desde as de high street, que todos conhecemos e que a maioria consome, até às mais pequenas portuguesas que começam a ganhar espaço no mercado nacional — principalmente para quem quer comprar roupa mais exclusiva e com materiais melhores, mesmo que pagando mais.

O guarda-roupa de um bebé e de uma criança — mas principalmente de um bebé — está sempre a mudar. Não só de estação para estação, mas assim que aquele tamanho deixa de servir. Ou seja, estamos constantemente a comprar-lhes roupa. Por isso mesmo, muitas vezes o mais prático é escolher marcas com preços acessíveis, pelo menos para a roupa do dia a dia. As outras marcas podem ficar apenas para as ocasiões especiais.

Mulheres grávidas e com mais idade têm risco acrescido de AVC. Porquê?

A H&M é daquelas marcas onde se vai para comprar tudo. Roupa para a mãe, para o pai, para os avós, para a grávida e para os filhos. E no que diz respeito à secção de criança, é possível encontrar peças do mais variados estilos — do mais girly ao mais cool, do mais formal ao informal.

Agora que os dias estão mais frios e que começa a época em que os miúdos estão sempre doentes, o ideal é combater isso com roupas quentes. Ainda assim, cheias de pinta, como estas 30 sugestões.

30 fotos