Depois de um dia de trabalho não há nada melhor do que chegar a casa, trocar a roupa que já incomoda, vestir algo confortável e ficar a aproveitar o final da tarde no sofá. As camisas pouco amigas do movimento, as calças apertadas e os sapatos que aniquilam os pés são postos de parte, e as peças mais confortáveis como camisolas quentinhas e leggings são repescadas dos confins do armário.

A chamada “roupa de casa” tem pouca elegância. Normalmente elegemos como peças indispensáveis aquela T-shirt oferecida numa corrida em 2005, assim como as leggings frouxas que já estão meias gastas. Mas não precisa de ser assim.

As marcas de fast-fashion estão a apostar em segmentos de homewear: portanto, roupa para andar por casa com tanta ou mais qualidade do que aquela que leva para a rua. As camisolas polares e os robes fofinhos e quentinhos já não são uma novidade e continuam tendência dentro deste segmento. Mas começam agora a surgir mais conjuntos, como calças suaves e macias conjugadas com camisolas confortáveis e quentinhas.

20 peças de decoração para preparar a sua casa para o inverno

As cores são diversas, os modelos são vários e até o preço varia. Há conjuntos mais frescos que começam nos 12€ e outros que usam materiais mais caros, como a caxemira, que fazem subir o preço. Escolha o conjunto que prefere e combine-o com umas meias felpudas e uns chinelos de quarto.

Para tornar a sua chegada a casa ainda mais confortável, a MAGG tem 35 sugestões. Há pantufas quentinhas, conjuntos elegantes e até uma manta polar porque, afinal de contas, não há nada mais importante no combate ao tempo frio do que uma mantinha.

35 fotos