Enquanto dormia, estalou uma polémica nas redes sociais que deixou fãs de Justin Bieber e Selena Gomez de costas voltadas. Esta quarta-feira, 23 de outubro, Selena Gomez lançou uma nova canção chamada “Lose You to Love Me”, uma balada que fala sobre a necessidade de procurar amor próprio após uma separação. Problema? Os fãs assumiram que as letras eram direcionadas a Bieber, de quem a cantora se separou em maio de 2018. O tema tornou-se viral nas redes sociais.

Na canção, ouvem-se frases como: “Dei tudo de mim e todos o sabem, até que me derrubaste e isso vê-se. Em dois meses, substituíste-nos. Como se isso fosse fácil”, naquela que parece ser uma referência ao facto de, dois meses após o término da relação, Justin Bieber ter pedido Hailey Baldwin em casamento.

Não demorou muito até que o perfil de Instagram do músico fosse invadido por comentários que citavam partes da canção de Selena Gomez.

A polémica escalou quando, através de uma Instagram Story, Hailey Baldwin, que casou com o músico em setembro de 2018, mostrou a canção que estava a ouvir — chamava-se “I’ll Kill You” (“Eu Mato-te”, em português), é da autoria da cantora Summer Walker, e os fãs assumiram que Baldwin estava a ameaçar Gomez.

No Twitter, as reações não se fizeram esperar e muitos ficaram do lado de Gomez. “O Justin Bieber traiu a Selena. Ainda assim, foi ele quem esteve constantemente a lançar canções que falavam abertamente sobre a relação entre os dois. Agora, quando a Selena percebe que é mil vezes melhor do que isso, é a Hailey quem a está a ameaçar”, escreveu um utilizador.

Justin Bieber e Hailey Baldwin casam-se pela segunda vez

Segundo escreve o tabloide britânico “Mirror”, isto obrigou a que Hailey reagisse aos comentários que estavam a ser deixados no seu perfil e no de Justin Bieber.

Numa publicação que entretanto terá sido eliminada, a modelo americana desvalorizou os rumores e pediu aos fãs que não escalassem o assunto: “Por favor, parem com este disparate. Não há ‘resposta’ nenhuma’. Tudo isto é um disparate, uma mentira.”