Como acontece todos os anos por esta altura, o reconhecido guia de viagens “Lonely Planet” — que já ganhou a fama de ser a bíblia de todos os viajantes — acaba de lançar o Top dos destinos imperdíveis para 2020. A lista para o próximo ano, que é já a 15.ª, conta com cidades bem conhecidas de todos (nem que seja por fotografia) e outras que possivelmente nem sabe bem onde ficam.

A seleção das cidades a visitar no ano seguinte é feita tendo em conta vários fatores. Para entrar nesta lista não basta ser o melhor destino, tem que ser também a melhor viagem, com tudo o que isso envolve, e o sítio com as melhores e mais sustentáveis experiências.

Guia rápido com 70 coisas imperdíveis para fazer na Madeira

No topo desta lista para 2020 está Salzburgo, na Áustria — a cidade de Mozart e da família que inspirou o conhecido filme “Música no Coração“. Mas não está sozinha: Washington, nos Estados Unidos, La Paz, na Bolívia, ou Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, também entram neste Top 10 de cidades a não perder no próximo ano.

Quer seja porque têm festivais a assinalar o seu centenário, novos museus a abrir, distinções como a Capital Europeia da Cultura ou celebrações a propósito do aniversário de Beethoven, estes destinos são imperdíveis. Mas há mais: da arte de rua às questões ambientais, sem esquecer a chegada da Expo ou o desenvolvimento dos transportes, há muitas (e boas) razões para distinguir estas cidades na lista da Lonely Planet.

Conheça os destinos a visitar em 2020.

10 fotos