Na noite desta quinta-feira, 17 de outubro, o youtuber Wuant, de 23 anos, e o manager da Team Strada, Hugo Strada, de 36 anos — que este ano foi acusado de extorsão infantil e de má conduta, depois de ter beijado um dos rapazes, com apenas 17 anos, da equipa de influenciadores — começaram uma discussão. Hugo Strada voltou ao YouTube esta segunda-feira, 14, com um novo canal e um vídeo intitulado “O que realmente aconteceu”.

O youtuber Wuant, que tem mais de três milhões de seguidores no canal de YouTube, viu o vídeo onde Hugo Strada se tenta defender das acusações e publicou um vídeo a criticá-lo nos Stories do Instagram.

“Começas a ir por caminhos criminosos bro, mostra a merda de pessoa que tu és. Nós não te queremos no YouTube. Ninguém te quer no YouTube. Esse tipo de pessoas no YouTube é merda, é cancer, é um cancro”, começa Wuant na reação ao novo vídeo de Hugo Strada.

As críticas prosseguem e Wuant ataca dizendo: “Esta pessoa aqui não é boa da cabeça. É uma pessoa que só quer saber do dinheiro, que se aproveita das crianças e dos próprios pais”. E continua: “Claramente vê-se a ganância nos olhos dele. Dá-me nojo saber que estas pessoas conseguem ter uma audiência no YouTube. Tenho muitas saudades do YouTube antigo, em que não havia estas merdas”.

Os comentários de Wuant terminam com um apelo para que as pessoas não sigam Hugo Strada, e para o bloquearem. Depois, já com Stories em texto, Wuant confessa que se exaltou, mas sentiu-se “na obrigação de chamar à atenção para estes assuntos”, porque está no YouTube desde o início e sabe reconhecer os padrões.

3 fotos

“Este assunto para mim acabou, assim como devia ser com esta vaga dos sanguessugas que se aproveitam da comida dos outros. Façam os vídeos que quiserem, sejam é pessoas decentes”.

Hugo Strada não tardou em responder, pela mesma plataforma, e as Stories começaram com o fundador da Team Strada a dizer que apesar de nunca ter entrado em discussões na internet, estava na altura, já que tem permanecido calado depois de “levar porrada”.

“Ao contrário do que ele faz comigo não o bloqueiem. Sigam-no porque ele vai precisar. E outra coisa. Hoje vai ser um dia épico para muita gente. E se fizeste esse vídeo é porque estás com o cu apertado ou porque achas que não estás com o cu apertado. Mas foste a única pessoa que se pronunciou relativamente ao meu vídeo. Sabes porquê? Porque estás com medo”, responde.

Hugo sugere que caso Wuant quisesse poderia ter falado pessoalmente, já que tem o número de Hugo Strada. Mas diz que não o fez porque pretendia ganhar visualizações com a discussão.

“Eu tenho provas que me ilibam e estou caladinho, porque sou um senhor, mas hoje vou deixar de estar”, refere Hugo, que acrescenta que tem um vídeo revelador, que o iliba das acusações. Está gravado há mais de um mês, explica, mas ainda não foi lançado porque coloca várias pessoas, algumas próximas, em causa.

“Por isso pensa bem no que estas a fazer e com quem é que estás a brincar”, diz para Wuant, acusando-o ainda de fazer bullying às pessoas que o seguem na plataforma YouTube para ganhar dinheiro e de pertencer a uma máfia da internet que não quer ser mandada abaixo, acabando por fazê-lo com Hugo.

Entretanto, Hugo e Wuant falaram por chamada, momento em que Hugo falou sobre os vídeos que iria lançar. De seguida, Hugo revelou que a sua conta de YouTube e a da Team Strada foram apagadas.

“Só para dizer que isto vai para tribunal e que é prova viva de que isto é uma mentira. O YouTube em Portugal é uma mentira. Ninguém pode fazer frente a estes senhores que a pessoa tem de ser destruída”, refere Hugo.

Poucos tempos depois, Want reagiu: “Se achas que isto sequer vai chegar a tribunal, já vais estar por detrás das grades, no tribunal, vais estar lá de algemas já, mano”, disse em tom de gozo, relativizando as declarações do fundador da Team Strada.

A discussão foi-se alargando e a certa altura Hugo revela no Instagram que estava a ser ameaçado de morte, relacionando a ameaça com a discussão com Wuant: “Por isso vejam só se o que eu estou a dizer é uma mentira. E vejam lá se é tão mentira, porque é que estão com tanta força a apagar canais e vídeos para não sair. Porque é que fui chamado de pedófilo se não sou pedófilo?”, termina.

A discussão seguiu para o Twitter, onde Hugo Strada partilhou o vídeo da chamada com Wuant — e que o mesmo retweetou. Hugo acabou por ser duramente criticado. Um seguidor comentou: “Mais um crime para a conta”, enquanto outro disse “estás a provar cada vez mais a porcaria de pessoa que és!”. As críticas nas caixas de comentários juntaram-se a uma série de memes a ridicularizar a situação.

O vídeo de Hugo Strada foi retweetado por Want e gerou ainda mais polémica

Hugo Strada reagiu também às criticas no Twitter, plataforma que diz ser tóxica: “Por favor, não sejam estúpidos. Quem é que ameaça alguém e fala com aquela naturalidade com que eu falei. E eu sei que se pusesse o áudio inteiro vocês iam perceber que aquilo era tudo menos uma ameaça”, refere nas Stories de Instagram.

“Eu também tenho os meus amigos e eles não viram costas nas Stories. Eles estão aqui comigo e estão a proteger a minha back. E ao contrário da internet, em que é tudo uma falsidade e as pessoas são amigas, aqui eu tenho mesmo uma família e somos todos amigos”, termina assim a discussão, em que Hugo Strada está rodeado da equipa Team Strada.

“Boa sorte agora para os novos canais. Esperemos que ninguém os mande abaixo. A máfia, a máfia do YouTube”, remata com ironia o youtuber Wuant.