Como manda a regra, o terceiro dia de ModaLisboa foi o mais concorrido. Os famosos marcaram presença num dia em que ninguém quis ficar de fora — Sílvia Alberto, Rita Pereira ou Carina Caldeira foram algumas das figuras públicas que fizeram as delícias dos fotógrafos. Mas como também já é tradição, os anónimos vieram em peso às Antigas Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento do Exército, no Campo de Santa Clara, em Lisboa.

No meio de coordenados excêntricos, o olhar da MAGG ficou preso numa mulher com uma camisa azul clara, uma saia com padrão e umas botas bordeaux. Se nos primeiros dias o conforto e o minimalismo estiveram em altas — afinal, escolhemos um fato completo e um coordenado com um T-shirt básica e uma saia plissada —, este terceiro dia devolveu-nos um look trendy.

Maria Inês Cardal, tem 26 anos, é publicista e é a mulher com mais pinta deste terceiro dia. À MAGG contou que está a estrear quase todas as peças e que o look é composto por uma marca comum a muitos armários: Zara. Nem sempre é preciso investir muito para conseguir oufits cheios de personalidades com peças acessíveis, explica a consultora de estilo da MAGG, Fabíola Carlettis.

4 fotos

“A prova de que se conseguem looks cheios de pinta com marcas acessíveis e conhecidas por todos, está neste conjunto”, explica. “A combinação de uma peça básica e essencial no armário de qualquer mulher, como uma camisa azul, e uma saia com um padrão floral, resultou porque ficou equilibrado. As botas bordeaux foram uma escolha de calçado improvável para este look, mas que acabou por ser certeira. Dá o toque de outono que os looks destes dias já pedem”, acrescenta.

E foi exatamente pela camisa básica que Inês começou a construir o seu look. “Estou a estrear quase tudo. Mas tenho um gosto especial pela camisa, gosto muito”, confessou. “Hoje quando acordei pensei que queria levar a camisa e as botas, portanto foi fácil construir este look. Foi só escolher uma saia que ficasse bem com o resto do coordenado e correu bem”.

ModaLisboa. Quais são os cortes de cabelo tendência para o próximo ano?

Por não ser um look básico e óbvio, tivemos de perguntar onde foi buscar inspiração. E, como boa millennial que é, a reposta foi óbvia: Instagram e Pinterest. “Tenho alguma preocupação em ir procurar inspirações ao Instagram e Pinterest. Mas num dia em que não sei o que vestir, uso só peças pretas e está feito”.

Esta é a segunda vez de Inês na ModaLisboa e veio essencialmente para “conhecer as tendências e estar com os amigos”. Sobre este no espaço, confessa que está rendida: “Estou a gostar muito e gosto mais do formato desta passerelle. O espaço é muito giro e existem mais sítios para uma pessoa estar”.