Cristina Ferreira é a nova cara de uma campanha contra o cancro da mama. A apresentadora da SIC juntou-se à MO para criarem T-shirts solidárias que vão ajudar o Instituto Português de Oncologia (IPO). Por cada peça vendida 3€ são revertidos para a luta contra a doença.

Esta onda solidária e positiva foi cortada este sábado, 5 de outubro, quando a revista “VIP” sai para as bancas com a manchete: “A luta da apresentadora contra o cancro”. Cristina Ferreira não gostou do que viu e partilhou a revolta na sua página de Facebook.

A capa da "VIP"

“Infelizmente vou ter de sujar o meu feed com isto. Esta revista aproveitou o facto de eu dar a cara a uma campanha de luta contra o cancro para fazer esta capa. Acho inadmissível e não consigo perceber que mentes são estas que tentam enganar e vender revistas com um assunto tão sério. E não. Não vale tudo”.

“Acabei de acionar o meu advogado e espero que a justiça comece a olhar para o tema com outros olhos. E que não demore 5 anos em tribunal. Ser figura pública é usar a imagem para apoiar uma causa de tanto impacto na saúde e vida dos portugueses. Ser figura pública não é poder ter uma capa destas sem que nada seja feito”.

Pouco tempo depois, no seu Instagram, a apresentadora da SIC também fez uma série uma Insta Stories para dar conta do sucedido. “Que mentes são estas que tentam fazer entender que uma pessoa tem cancro? Juro que não consigo entender. É muito triste”, escreveu.

A MAGG tentou contactar Alberto Madeira Miranda, coordenador editorial da revista “VIP”, que até este momento não respondeu.