Sociedade

Depois do cancro da primeira filha, pais descobrem que o mais novo sofre do mesmo — e pedem ajuda

Já passaram pelo mesmo com a filha mais velha há três anos— e agora descobriram que o filho também tem um tumor nos ossos

i

Tomás tem um cancro maligno nos ossos e precisa de ajuda

Tomás tem um cancro maligno nos ossos e precisa de ajuda

Paula Simões e José Leal têm dois filhos e lutam pela segunda vez para ajudar a ultrapassar um cancro. Descobriram agora que o segundo filho, Tomás Leal, de cinco anos, tem o mesmo problema que a filha mais velha, Marta, que enfrentou a doença quando tinha seis anos.

Quando pensavam que o pior já tinha passado, aquando da doença da primeira filha, começaram a observar o mesmo tipo de sintomas em Tomás. O diagnóstico detetou que também ele tem um cancro maligno nos ossos, exatamente como a irmã. A criança, de Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos, precisa de ajuda para realizar um tratamento numa clínica em Pamplona, em Espanha, na qual os pais tiveram a outra filha internada há uns anos.

No caso de Marta, que agora tem 10 anos, a única solução que lhe deram em Portugal seria amputar a perna. No entanto, os pais descobriram que esta clínica em Pamplona apresentava uma outra alternativa. Assim, desta segunda vez, foram de imediato até Espanha. O processo será igual, mas os pais não conseguem suportar o mesmo custo dos tratamentos, entre 90 a 100 mil euros.

O casal criou uma página no Facebook e escreveram um comunicado para pedir ajuda e tornar o caso público. Na publicação, esclarecem que em Maio “apareceram umas manchas no joelho” de Tomás, o que os alarmou tendo em conta que há 3 anos tinha sido detetado um tumor cancerígeno a Marta, no mesmo local.

“A triste notícia foi confirmada pelos médicos na semana passada”, escreveram os pais na rede social, depois de verem confirmado que a criança tem um tumor no joelho.

Amanda Knox pede ajuda para financiar casamento. Em troca, dá livro de poemas

Quando a filha mais velha lutou contra o problema, os pais optaram por não expor o caso nas redes sociais. Ainda assim, promoveram várias atividades de angariação de fundos e receberam empréstimos de familiares para liquidar a despesa da cirurgia. Desta vez, admitem que não conseguem suportar o mesmo valor e pedem ajuda. “Um euro fará toda a diferença. Não é fácil expor-nos assim mas face a esta situação, não temos outra hipótese, precisamos de toda a ajuda possível”, esclarecem, no comunicado publicado no Facebook.

A família também já partilhou a sua história no programa “A Tarde é Sua“, de Fátima Lopes. E à noite, nas redes sociais, publicaram uma nota de agradecimento e garantem terem já angariado 14 mil euros.

A publicação está a tornar-se viral e conta com mais de 3,5 mil partilhas, algumas delas feitas por figuras públicas, como é o caso do humorista António Raminhos.

Está a gerar-se uma onde de solidariedade com o menino e a publicação está a tornar-se viral

O donativo pode ser feito através do IBAN  PT50 0035 070 5000 1381 4800 41 – José Leal, ou através da página de Facebook dedicada à criança.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.