A 24.ª Gala dos Globos de Ouro aconteceu este domingo, 29 de setembro, mas ainda continua a dar que falar. Desta vez é Luciana Abreu que está no centro da polémica.

A atriz apresentou os nomeados e posterior vencedor na categoria Melhor Atuação ao Vivo de Música, juntamente com o jornalista Pedro Mourinho. “É aqui que entra esta nova categoria que enche o palco, agarra o público, fá-lo vibrar ou mesmo emocionar-se”, disse o jornalista. A artista respondeu com uma piada que não foi entendida pelo público. “Não estás a falar a falar de mim, pois não? Não, ainda não é este ano”, disse. “Era uma piada”, foi forçada a dizer.

Depois deste incidente, e segundo a revista “TV Mais” citada pela “Flash“, Luciana Abreu terá passado pelos bastidores da cerimónia “visivelmente aborrecida”. “Se é para isto não contem mais comigo”, terá dito.  A cantora ainda regressou ao seu lugar, mas decidiu ir embora antes de a gala terminar. Este gesto deu força à teoria de que Luciana Abreu não teria gostado de alguma situação nos bastidores da gala, o que forçou a artista e emitir um comunicado.

Os Globos de Ouro em 7 momentos-chave para quem não viu a gala

Para além de se ter pronunciado sobre o processo de divórcio, quis também esclarecer o porquê de ter deixado a gala mais cedo. “Relativamente à cerimónia dos Globos de Ouro, Luciana Abreu ficou muito grata por se lembrarem dela para participar na gala com a entrega de um globo e foi com grande satisfação que tomou parte ativa na mesma”, pode ler-se no comunicado publicado esta quarta-feira, 2 de outubro no Instagram.

“Com efeito, foi previamente acordado com a SIC, que sairia dessa cerimónia, logo que fosse possível, pelo simples facto de ter de estar ao serviço muito cedo no dia seguinte, para gravações da nova novela da SIC, Terra Brava”, acrescenta.