Acontece já este domingo a 24ª gala dos Globos de Ouro, em Portugal – numa parceria entre a SIC e a revista “Caras”. Apesar de nos últimos anos a cerimónia ter acontecido em maio, este ano será no final de setembro. Mas esta não é a única novidade. A gala é apresentadora pelo novo rosto da SIC, Cristina Ferreira, e conta com a introdução de novas categorias: Humor, Entretenimento, Digital e Jornalismo.

Só no domingo se sabe quem sai vencedor, mas até lá são afinados os últimos detalhes – e um deles é a roupa que os famosos vão usar na gala. Há quem escolha o outfit sozinho e quem prefira deixar isso nas mãos de quem realmente sabe, os stylists. E foi exatamente com eles que a MAGG falou para perceber afinal como são escolhidos os vestidos para estas galas? Escolhem-se no dia? São emprestados?

João Silva e Daniel Baptista Ribeiro são duas pessoas que têm como trabalho vestir figuras públicas. Este ano, para os Globos de Ouro, o primeiro vai vestir as atrizes Catarina Gouveia e Bárbara Lourenço, e o segundo tem a seu cargo a apresentadora Ana Rita Clara. Os dois garantem que, na maioria dos casos, os vestidos são mesmo emprestados.

Globos de Ouro. Cristina Ferreira nomeada para Personalidade do Ano de Entretenimento

“É quase sempre por empréstimo”, explica João Silva à MAGG. “Os vestidos são pedidos de propósito lá fora para virem para estes eventos. Pedi um que achei que seria ideal para a Catarina. Ela já o experimentou e é o vestido que vai levar aos Globos”.

No caso da atriz o tiro foi certeiro, mas é possível que se experimentem muitos vestidos para chegar ao ideal. “Neste caso, falei com algumas marcas internacionais que mandaram os vestidos para provarmos. No caso da Ana Rita tínhamos 20 vestidos, reduzimos para 10, destes 10 ficámos com cinco e decidimos esta semana aquele que vai levar”, adianta Daniel Baptista Ribeiro, sem levantar o pano do que se vai ver desfilar na passadeira vermelha.

Ana Rita Clara, juntamente com Daniel Baptista Ribeiro, escolheram uma proposta ousada para a cerimónia dos Globos de Ouro

O stylist que já trabalha com a apresentadora há alguns anos, garante que a escolha do vestido irá surpreender. “Vai ser uma escolha ousada, tanto da minha parte como da dela. Vai ser uma coisa que não tem nada que ver com o que ela costuma usar. Estamos habituados a vê-la em ‘sexy girl’ ou ‘sexy bomb’, naquele registo mais ousado. Desta vez vamos apostar numa coisa mais fechada”.

“Começámos a preparar com muita antecedência”

Ainda que tudo pareça acntecer sem esforço, a verdade é que este é um trabalho que começa há vários meses. As figuras públicas começam por enviar vestidos e inspirações para os stylists que tentam arranjar vestidos que se enquadrem no seu estilo e que vão ao encontro do gosto dos dois.

“Começámos a preparar com muita antecedência. Vimos algumas opções que estavam dentro das sugestões que elas me mandaram previamente”, conta João Silva. “Já começámos a preparar os Globos há quase um mês, mas também porque houve os Emmy Internacionais e aproveitamos e começámos a preparar tudo ao mesmo tempo”. A este altura do campeonato Catarina Gouveia, Bárbara Lourenço e Ana Rita Clara já sabem o que vão vestir no próximo dia 29 de setembro. A única coisa que fica por escolher são as jóias e os acessórios, mas a isso já lá vamos.

Importante é perceber primeiro como é que se chega a um compromisso entre aquilo que o profissional acha que fica melhor e aquilo que a figura pública quer realmente usar.

A atriz Catarina Gouveia conta com a ajuda do stylist João Silva para escolher o vestido para os Globos de Ouro

“Isso é a parte mais complicada”, confessa Daniel Baptista Ribeiro. “Mas temos de chegar a um meio termo e uma das partes tem de ceder. A última opinião é sempre da figura pública”. “É ela que vai andar com o vestido, é ela que vai ser fotografada por isso tem de estar, acima de tudo, confortável”, garante. Mas é também o trabalho de um stylist propor coisas novas, diferentes.

“Eu tento sempre corresponder ao que elas pedem, mas depois tento desafiá-las com alguma coisa diferente. Por exemplo, a Catarina Gouveia gosta de um estilo mais minimal mas eu consegui um vestido que está muito dentro dos padrões que gosta – mas em lantejoulas”, conta João Silva desvendando já alguns pormenores do vestido.

No dia da cerimónia, o vestido está escolhido e ficam só a faltar os últimos pormenores: carteiras, jóias, cabelo e maquilhagem. E desengane-se quem pensa que para isto se prepara na última meia hora.

18 truques que as celebridades usam na passadeira vermelha (e não só)

“Descontraidamente são umas três horas”, explica João Silva. “Vamos sempre três horas antes, até porque se houver algum imprevisto, se for preciso fazer uma bainha por exemplo, dá tempo para resolver”. Daniel Baptista Ribeiro está alinhado. “Normalmente damos sempre uma hora e meia para cada pessoa, ou seja, hora e meia para maquilhagem e hora e meia para cabelo”.

“Acordo cedo para preparar o meu material”

Se o vestido está escolhido, que preparação precisam estes especialistas de fazer? “Tenho de preparar o meu material, neste caso as vaporetas [uma espécie de ferro de engomar a vapor, mas portátil]. Também se tiver algum vestido na costureira vou buscá-lo e vou também levantar as jóias”, explica o stylist de Ana Rita Clara. “Normalmente as jóias são as coisas mais caras e, apesar de termos seguro, é sempre um risco andar com elas”.

A atriz Bárbara Lourenço já tem o vestido que vai usar no próximo domingo

Quando a equipa está toda reunida são feitos os últimos pormenores: alinham-se os cabelos e maquilhagem com o vestido para que fique tudo como pensado inicialmente. Depois disso escolhem-se as jóias e a clutch para acompanhar. “Depois? Depois ficamos ali a relaxar um pouco até serem horas”, conclui o stylist de Catarina Gouveia e Bárbara Lourenço.