A jovem ativista de 16 anos é o nome mais falado do momento, quer seja por quem a aplaude quer por quem a critica. Depois de Donald Trump ter gozado com o discurso de Greta Thunberg, agora foi a vez do filho de Jair Bolsonaro.

Eduardo Bolsonaro, que poderá vir a ser embaixador do Brasil dos Estados Unidos, usou a sua página de Twitter para publicar uma fotografia manipulada da ativista sueca. Uma imagem retirada do Instagram de Greta Thunberg, em que esta está dentro de um comboio e na janela está uma paisagem com árvores.

Na fotografia publicada pelo filho do presidente brasileiro, vê-se a jovem sentada no comboio e na janela está um grupo de crianças negras a vê-la a comer. A acompanhar a fotografia, Eduardo Bolsonaro escreveu a legenda “‘vocês roubaram minha infância…’ disse a garota financiada pela Open Society de George Soros.” A legenda original era “almoço na Dinamarca.”

Greta Thunberg. Qual o impacto que este mediatismo pode ter na vida de um adolescente?

Os comentários à publicação do deputado foram imediatos e todos chamaram a atenção ao facto de esta ser uma montagem, ao que Eduardo Bolsonaro respondeu “e alguém não percebeu isso?”. Entretanto, têm sido várias as publicações do deputado no Twitter com novas montagens satíricas da mesma fotografia.

O objetivo da divulgação desta imagem por Eduardo Bolsonaro era o de afirmar que Greta Thunberg era financiada pelo bilionário George Soros, o que entretanto foi revelado ser falso. Tudo devido a uma outra montagem em que a jovem aparece ao lado do filantropo.