Alimentos

Batalha de alimentos. O abacate é melhor do que a banana?

As calorias, os nutrientes, as vantagens de um e as vantagens de outro. Pedimos a uma nutricionista que nos ajudasse a conhecer melhor estes dois frutos.

i

Um tem mais gordura, outro mais hidratos. Mas não descarte nenhum da sua alimentação.

Um tem mais gordura, outro mais hidratos. Mas não descarte nenhum da sua alimentação.

A banana é originalmente asiática. O abacate chega-nos de terras da América do Sul. Um tem mais gordura, outros mais hidratos de carbono. Os dois têm uma quantidade considerável de calorias. Resta saber: qual é o melhor?

“Vai depender do contexto”, responde à MAGG a nutricionista Débora Pita. “Não há alimentos perfeitos, por isso não vamos conseguir encontrar um produto que contenha todos os nutrientes necessários à nossa alimentação”, ressalva, numa alusão aos benefícios distintos dos dois protagonistas da batalha.

“O abacate é capaz de ser das frutas mais versáteis, porque tanto pode ser incluído em pratos salgados como doces”, aponta.  Porém, acrescenta,”ambas [as frutas] podem ser incluídas na alimentação e poderão ter timings melhores para serem consumidas ao longo do dia, consoante o padrão alimentar e objetivo.”

Que comece a batalha. Vamos a pormenores

Comecemos pelas calorias: “São semelhantes no valor energético, embora a abacate tenha mais calorias (108) do que a banana (95).”

A maior diferença na constituição nutricional destes frutos reside nos macronutrientes (nutrientes responsáveis por nos dar energia) que os compõem: “O abacate é conhecido por ser uma fruta com um baixo teor de hidratos de carbono  (2,3g) contrariamente à banana que é das frutas com maior quantidade de hidratos de carbono (21,8g por 100 gramas) que podemos encontrar na natureza.”

Por outro lado, o abacate será o fruto com maior presença de lípidos, ou seja, gordura: “Quando falamos em quantidades de gordura o abacate é das frutas com mais gordura por 100g (10,5g), sendo que este tipo de gordura é maioritariamente monoinsaturada, o mesmo tipo que está presente no azeite”, explica. “Já na banana, os valores de gordura tendem a ser muito baixos (0,4g por 100g), que é o que se observa frequentemente nas restantes frutas.”

No que se refere à proteína, nos dois casos — e em todas as frutas — o teor é baixo: “As frutas são pobres em proteína. Ambas têm porções de proteína muito semelhantes — 1,1g para o abacate e 1,6g para a banana.”

No campo dos micronutrientes (responsáveis por regularem funções do organismo), as duas frutas concorrentes apresentam quantidades idênticas. Quanto ao potássio e ao magnésio, ganha à banana, ainda que  o abacate também os contenha.

Rufar dos tambores, vamos a resultados. Lamentamos, mas estamos perante um empate. A conclusão é fácil: os dois alimentos apresentam uma composição nutricional distinta e rica, capaz de colmatar parte das necessidades do organismo. Por isso, não deixe nenhum de lado: continue a incluir as duas frutas na sua alimentação. Elas são mesmo suas amigas.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.