As Barbies loiras, de olhos azuis, com corpos esculturais continuam a existir e essa continua a ser a sua imagem de marca, mas já há algum tempo que temos visto grandes mudanças no visual da boneca mais famosa do mundo.

A Mattel aumentou a oferta de Barbies e passou a incluir bonecas de diferentes raças, tamanhos e até de cadeira de rodas. A inclusão é um dos objetivos da marca e, por isso, acaba de dar mais um passo nesse sentido.

A mais recente novidade são os bonecos gender-inclusive, chamados “Creatable World”. A ideia destes bonecos é que tudo seja personalizado. O cabelo, as roupas, os acessórios, tudo pode ser combinado, sem regras de género.

Qual era a Barbie sensação no ano em que nasceu?

Algumas opções são mais femininas e outras mais masculinas, mas a Mattel quer que as crianças sintam que podem conjugá-las da forma que quiserem. “Vemos esta linha como uma oportunidade para abrir um diálogo sobre para que servem as bonecas e para quem são. E agora que o mundo começa a celebrar o lado positivo da inclusão, acreditamos que estava na altura de lançar uma coleção de bonecos sem rótulos e sem regras para as crianças”, explica Kim Culmone, vice presidente sénior da Mattel Fashion Doll Design, à “CNN”.

Esta coleção conta com seis kits diferentes, sendo que cada kit tem um boneco, com diferentes tons de pele, estilos de cabelo e roupas, que permite criar mais de 100 looks. A compra pode ser feita no site da Amazon, por 28,45€ cada kit.