A família de Meghan Markle é conhecia por causar polémica e controvérsia com o nome da duquesa. Primeiro foram as fotos encenadas do pai, depois as afirmações pouco simpáticas por parte dos irmãos. Agora é a vez de um sobrinho da ex-atriz lucrar à conta do seu nome.

Tyler Dooley tem 27 anos e é filho de Tom Markle Jr., meio irmão da duquesa. Dooley tem uma quinta com mais de 400 hectares no estado de Oregon, nos Estados Unidos, onde cultiva cannabis para venda. Neste estado a produção é legal e a venda também. A quinta é orgânica e sustentável.

Tyler Dooley é filho do meio irmão de Meghan Markle

O negócio cresceu de um momento para o outro com uma pequena ajuda de ex-atriz. Por altura do casamento real, em maio de 2018, Tyler Dooley arrancou com um produto chamado “Markle Sparkle” que em português significa “O Brilho de Markle”. Para o promover, dizia que o produto era “tão forte que fará explodir a coroa”.

Depois deste sucesso, Dooley lança para um mercado um novo tipo de cannabis com um nome sugestivo. “Archie Sparkie” ou “O Brilho do Archie” é o novo produto que já está a ser cultivado.

Porque é que este homem perturba tanto a coroa britânica?

“As pessoas chamam-me a ovelha negra da família mas eu tenho trabalhado imenso para conseguir sobreviver neste mercado”, diz o sobrinho de Meghan ao “Daily Mail”. “’Markle Sparkle’ encheu as manchetes e fez com que eu ganhasse muito dinheiro”.

Neste momento, Tyler Dooley tem mais de um milhão de plantas de marijuana mas está a pensar expandir o negócio. De acordo com a mesma publicação, Dooley não revelou ao certo ao lucros do negócio, mas diz que espera atingir os 180 milhões de euros por ano.