Grande parte das páginas de Instagram dos influenciadores têm atualmente uma estética uniforme. Há quem coloque o mesmo filtro em todas as fotografias para manter os tons, há quem tenha especial atenção ao conteúdo das imagens — e alterne entre selfies, fotos em grupo, paisagem e selfie outra vez. Outros ainda recorrem a aplicações para organizar o feed por cores.

Seja qual for o método, os influenciadores só começaram a usá-los mais recentemente para acompanhar as tendências do Instagram. Quando a rede social chegou a Portugal a 6 de outubro de 2010, a maioria das fotos eram escuras, de má qualidade (os bons smartphones só chegaram depois) e geralmente tinham molduras artísticas que em nada abonavam à estética do perfil.

Eram os primórdios do Instagram. A MAGG foi à procura da primeira fotografia publicada por 20 influenciadores portugueses, e descobriu muitos filtros artísticos, mensagens de adeus ao Blackberry ou meros objetos do dia a dia. Outra curiosidade: quase todos aderiram à rede social em 2012.

20 fotos