Vítor Sobral decidiu alargar o seu domínio para lá das fronteiras de Campo de Ourique, em Lisboa, onde já tem um restaurante dedicado ao peixe, uma padaria dedicada ao fabrico mais artesanal e a Tasca da Esquina, onde são servidos os mais tradicionais pratos portugueses.

E não é que tenha ido longe. Desceu a Rua de São Bento e é na Rua Correia Garção, número 15 — mesmo ao lado da Assembleia da República — que decide agora investir num novo negócio: o da carne.

Talho da Esquina

Mostrar Esconder

Morada: Rua Correia Garção, 15, Lisboa
Horário: 12h30-15h30 e 19h30-23h30. Fecha domingo e segunda-feira

 

Não é que na Tasca não houvesse fígados de aves de escabeche, moelas ou pica pau de lombo ou que na padaria não servissem empadas de pato ou pão com presunto de porco preto. Mas agora, no Talho da Esquina, o chef pode realmente dedicar-se a servir algumas das melhores carnes portugueses — as bovinas, as maturadas, cordeiro e porco são algumas das opções.

Por lá serão servidos pratos como tutano bovino no forno, com limão, tomate, pinhões, alecrim e salsa (9,20€), focinho de porco grelhado, creme de coentros, cebola avinagrada e azeite de trufa (13,50€) ou entremeada de porco grelhado, creme de alho e vinagrete de tomate assado (9,80€). Para sabores mais tradicionais há cabrito com batata assada (28€), moelas com piri-piri (8,50€), bife da vazia (19,50€) e hambúrguer de novilho (13,50€)

Quando falamos em carnes maturadas, no Talho da Esquina há quatro opções T-Bone (95€/kg), costeleta arouquesa com 60 dias (110€/kg) ou com 210 dias de maturação (140€kg)  e ainda costoleta de boi minhoto castrado com 45 dias de maturação (210€/kg).

Carnes El Capricho, um bar de tertúlias e um terraço francês. É assim o Meat Me, o novo restaurante do Chiado

Toda esta carne pede molhos que intensifiquem o sabor. Aqui pode sempre escolher entre manteiga e alho, mostarda de azeitonas e tâmaras, molho picante ou molho agridoce com marmelo. E os acompanhamentos? Batata frita, batata assada, migas, salada de legumes grelhados, salada de tomate, salada verde, salada de pimentos e arroz de legumes no forno. Chega?

Ainda que o restaurante seja de carne, os vegetarianos não foram esquecidos e têm dois pratos à escolha: paella (12,50€) ou lasanha de legumes (14,50€).

Na parte das sobremesas, voltamos à tradição. Há mousse de chocolate com ginja (6€), pudim de mel e laranja (6€) e baba de camelo (5€).

Todos os dias, o restaurante apresenta um prato do dia (13€). Saiba que à terça-feira tem sempre costela de novilho com batata no forno e salada de agrião, à quarta-feira é dia de espetada à madeirense, à quinta-feira a sugestão é arroz de pato e a semana acaba com uma costeleta de porco à salsicheiro.