Ser mãe não é fácil, e as dificuldades começam logo na gravidez. É verdade que há mulheres que dão razão à expressão “estado de graça”, passando incólumes pelos nove meses de uma gestação, mas existem muitas outras que não têm esse privilégio e para quem uma gravidez é sinónimo de enjoos constantes, pés inchados, obstipação, dores nas costas e muita dificuldade em conseguir dormir.

E se estas pequenas maravilhas da gravidez (alerta ironia) incomodam mesmo as mulheres mais jovens, acabam por ser ainda mais intensas para quem decide ser mãe mais tarde. Mais: algumas mulheres a partir dos 35 anos, de uma forma geral, acabam por ter mais dificuldades em engravidar, e após os 40 existem muitas gestações consideradas de risco.

No entanto, tal não quer dizer que não existam gestações tardias mas tranquilas e saudáveis, muito pelo contrário. E tal como muitas mulheres, também há famosas a passar por gravidezes tardias, o que acaba por difundir mais a mensagem que, com os devidos cuidados, é perfeitamente possível dar à luz em idades mais avançadas.

Gravidez depois dos 40 anos: é mesmo perigoso?

Na fotogaleria, mostramos-lhe oito rostos bem conhecidos que foram mães depois de soprarem as velas do seu 40.º aniversário — e há casos em que os filhos chegaram quando estavam mais perto dos 50 anos.

8 fotos