José Carlos Pereira é assaltado e agredido

O incidente aconteceu na quarta-feira. O ator reagiu quando percebeu que estava a ser assaltado. Levaram-lhe o carro, carteira e telemóvel.

O assalto está sob investigação

O ator que dá vida a Vitinho na série “Golpe de Sorte” da SIC foi vítima de um assalto e posteriormente agredido. A situação ocorreu na madrugada de 4 de setembro, na Cova da Moura, e foi o ator que o confirmou à revista “TV7 Dias”.

“Vim de Torres Novas buscar uma amiga que mora ao pé da Repsol na Damaia. Ela desceu, fomos jantar a Cascais (…) e depois fui deixá-la a casa, era meia-noite e pouco”, explica à revista o ator.

“Quando estava a descer a rua, há um gajo que passa à frente do carro e diz: ‘Ó mano, podes deixar-me ali em cima da praça?’ Eu disse para entrar”. Segundo a mesma publicação, que entrevistou uma fonte policial, terá sido este rapaz que alertou os assaltantes de que o ator estaria a chegar. José Carlos Pereira terá então sido vítima de um embuste.

“O rapaz que estava com ele (…) ligou para uns contactos da Cova da Moura antes de ambos se dirigirem até o bairro. Por esse motivo, está sob investigação a possibilidade de a vítima ter sido alvo de um embuste e de o rapaz que o acompanhava estar envolvido no crime”, esclarece à “TV7 Dias” uma fonte policial.

“Levei logo um pontapé. E depois reagi”, relembra José Carlos Pereira. “Primeiro estavam dois gajos com facas e eu reagi. Entretanto há um que saca de uma pistola. Depois bateram-me com pontapés na cabeça e não só”. Os agressores levaram depois o carro do ator, um Peugot 308 W preto, assim como o telemóvel, a carteira e as chaves de casa.

Dada a gravidade da violência foi necessário chamar uma ambulância, mas o ator recusou assistência médica. “Eu sou médico, sei perfeitamente se tenho ou não de ir ao médico. Dói-me a lombar, tenho uma grande escoriação no cotovelo, mas não precisava de ir ao médico”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]