Em agosto, a nova temporada de “Mindhunter” estreou-se após uma pausa de quase dois anos. Muito devido ao facto de os episódios das séries da Netflix serem lançados todos de uma vez, é provável que já tenha devorado a temporada e agora se encontre naquele limbo existencial que só os verdadeiros papa-séries sentem: o que ver a seguir? E vai ser tão bom como aquilo que acabou de ver?

A plataforma de streaming espera que sim e, a pensar nisso, preparou um mês recheado de novidades interessantes para os fãs de todos os estilos de séries. Se lhe apetecer ver uma história repleta de mistério e intrigas interligadas por um crime, vai gostar de saber que “Elite” regressa no início de setembro para uma segunda temporada.

Os 4 casos reais que inspiraram a nova temporada de “Mindhunter”

Mas se a ideia for chegar ao sofá para desligar o cérebro e não pensar muito após um dia de trabalho, tem ainda “The Good Place” ou “Desencantamento” — a série de animação que promete juntar o melhor de “Os Simpsons” e “A Guerra dos Tronos”, com muita aventura, humor e peripécias. Mas há mais.

Estas são algumas das séries a chegar à Netflix nas próximas semanas.

“Elite”, 2.ª temporada — 6 de setembro

Além de ter-se estreado numa altura em que “La Casa de Papel” ainda era a série mais comentada e popular da Netflix, tinha no elenco alguns dos atores mais conhecidos da série espanhola. Só que aqui não há macacões vermelhos, máscaras de Salvador Dali ou planos megalómanos para o maior assalto do século.

Em “Elite”, a história é um drama juvenil que ganha forma quando, depois de uma catástrofe natural, um grupo de estudantes de classe média-baixa é obrigado a mudar-se para Las Encinas — uma das escolas mais ricas e privilegiadas de Espanha.

Os alunos que fazem parte da alta sociedade espanhola depressa se veem obrigados a lidar com os estudantes mais pobres. E tudo piora quando, entre discussões, confrontos de ego e diferenças económicas resultam na morte de um dos estudantes. Quem o matou e por que motivou? É o drama a que “Elite” responde.

“Desencantamento”, 2.ª parte — 20 de setembro

Foi promovida como uma espécie de “Os Simpsons” e “A Guerra dos Tronos”. Falamos de “Desencantamento”, a série de animação criada por Matt Groening que acompanha a figura de Bean, a princesa rebelde que passa grande parte do seu tempo a desrespeitar as ordens do pai no reino medieval de Dreamland.

O dilema da série intensifica-se quando Bean é obrigada pelo pai, rei de Dreamland, a casar com um dos pretendentes com o objetivo de formalizar a aliança entre as duas casas reais. A jovem, sempre rebelde e segura de si, faz de tudo para impedir o matrimónio — desde tentar que príncipe desapareça a manipulá-lo para uma viagem de barco para que oiça o canto mortal das sereias.

As aventuras de Bean e companhia continuam numa nova temporada repleta de humor, sátira e muita aventura.

“The Politician”, 1.ª temporada — 27 de setembro

“The Politician” mostra que vale a pena lutar pelos sonhos, mesmo que sejam mirabolantes e absurdos. Aqui, Payton Hobart, um estudante privilegiado dos Estados Unidos, quer chegar a presidente do país e não tem dúvidas de que será capaz de atingir o objetivo.

Mas antes disso vai ter de conseguir convencer os colegas da escola secundária de que daria um bom presidente da Associação de Estudantes — sendo capaz de lidar com toda a pressão e intriga política, bem como os mexericos dos corredores entre colega.

A nova série de comédia da Netflix é uma das estreias mais esperadas de setembro.

“Vis a Vis”, 4.ª temporada — 27 de setembro

“Orange is the New Black” e “La Casa de Papel” entram num bar e Nairobi sai de macacão amarelo. A história de “Vis a Vis” passa-se numa prisão e tem Alba Flores, a atriz que ficou conhecida como Nairobi em “La Casa de Papel”, como uma das protagonistas — que aqui também veste um macacão, só que amarelo.

22 fotos incríveis dos bastidores de “La Casa de Papel”

A série centra-se na figura de Macarena Ferreira, uma mulher de classe média-alta que acaba condenada por evasão e fraude fiscal depois de se apaixonar pelo chefe da empresa.

Só que a prisão muda as pessoas e, também por isso, Macarena transforma-se em alguém que nunca pensou vir a ser: uma das reclusas mais poderosas e violentas do estabelecimento prisional onde cumpre a pena.

“The Good Place”, 4.ª temporada — 27 de setembro

A série de comédia mostra uma mulher que, depois de morrer, luta para encontrar o verdadeiro significado sobre o que é ser boa pessoa todos os dias. A propósito da lista das 20 melhores séries que deveria estar a ver, a MAGG falou com Nuno Markl que selecionou “The Good Place” como uma das mais interessantes.

Não é a melhor sitcom de sempre, mas é a mais inventiva”, revelou o humorista que considera Michael Schur “um génio da escrita de comédia” — tal como ficou claro em “The Office”, “Parks and Recreation” e “Brooklyn Nine-Nine”.

“Uma das coisas que acho mais maravilhosas aqui, além da sensação de que eles estão a trabalhar sem limites, é a maneira como filosofia da boa é servida numa sitcom de horário nobre.” A nova temporada vai ser também a última da série que, à Netflix, chega em formato episódico e semanal.