Da Ribeira a Santa Catarina, em Matosinhos ou na Foz, há muito para fazer pelo Porto. A inclinação das ruas, os barcos a passar na ponte D.Luís e o elétrico são parte da imagem da cidade. Mas para lá deste postais, há outras coisas que não pode perder. A visita às caves do vinho do Porto ou o passeio de barco são duas daquelas experiências turísticas que não passam disso mesmo — um cliché daquilo que é o Porto. Fazem parte e deve experimentar pelo menos uma vez na vida, mas há mais sítios que mantêm a tradição com um toque de modernidade, e outros que acabaram de nascer e já estão a fazer história na cidade.

Assistir ao “X-Men: Fénix Negra” com o céu sobre a cabeça, experimentar (e fotografar) o brunch do novo Nicolau, assistir ao pôr do sol com vista para o Douro ou fazer uma aula de meditação no Parque da Cidade do Porto. Mostramos-lhe 8 sugestões para não perder o fim de semana sentado no sofá.

Para passear

Ali Müftüoğulları / Pexels

1. Caminhada com meditação

Relaxar, conhecer e encarar a vida de uma forma mais positiva — o plano perfeito para dar início ao fim de semana. É este sábado, 31, no Parque da Cidade do Porto, que pode unir o exercício e o equilíbrio espiritual juntando uma caminhada de três quilómetros e uma aula de meditação. O encontro será pelas 09h40, termina à 13 horas e há pausa para um lanche (que deve levar consigo). O programa inclui o passeio guiado e a aula de meditação, tem o custo de 10€ e a idade mínima é de 18 anos.

12 ideias e sugestões para aproveitar este fim de semana em Lisboa

2. Assistir ao pôr do sol no Jardim do Passeio das Virtudes

Com o final do dia vem o pôr do sol — o cenário perfeito para levar o seu parceiro ou juntar os amigos para umas cervejas e relaxar no jardim. E se há sitio onde a vista é deslumbrante é no Jardim do Passeio das Virtudes, em frente à Escola da Árvore e próximo da Praça dos Leões. O espaço é amplo e confortável — pode levar uma manta ou aproveitar os bancos do jardim (aí talvez tenha que ir mais cedo) e aproveitar o ambiente que muitas vezes é de música, com artistas a tocar.

Para comer

Não pode passar no Porto sem provar uma francesinha

rawpixel.com / Pexels

3. Nicolau Porto

Instagrammers no Porto, corram até ao Nicolau. O conceito não é novo — desde 2016 que existe em Lisboa e até já tem família, a Amélia ou o Basílio. Agora, e depois de muitos pedidos, o Nicolau chegou ao Porto. Em Cedofeita, no Largo Alberto Pimentel, o conceito mantém-se: um espaço giro e bem decorado, com pratos de mil sabores e cores — alguns saudáveis, outros nem tanto. A ementa é similar à da capital: panquecas (a partir de 4€), tostas (a partir de 3,50€), bowls (a partir de 9€) ou tacos (a partir de 8€). O brunch é servido diariamente e tem o custo de 15€.

Morada: Largo Alberto Pimentel, 4, Porto
Telefone: 222 082 406

Olivier abre Guilty no Porto (e não, não é na Baixa)

4. Cervejaria Brasão

Passar no Porto sem começar uma francesinha não é um crime, mas está perto disso. Há muitos sítios onde o pode fazer, mas um dos melhores é a cervejaria Brasão. Há uma nos Aliados e outra ao lado do Coliseu (pode aproveitar para ver um espetáculo a seguir ao jantar), em qualquer uma das duas vai estar rodeado por um espaço requintado mas sem esquecer a essência do Porto. E, claro, a boa da francesinha.

Morada: Rua Ramalho Ortigão, 28, Porto
Telefone: 934 158 672

5. Trattoria 179

O conceito é para os apaixonados por comida italiana: pizzas, massas e risottos. Um espaço elegante e requintado, próximo da zona dos Aliados e com vista para a Câmara Municipal do Porto. Há massas feitas na hora, risottos e pizzas pensadas pelo chef Anthoney Pires. Mas se não é bem isso que lhe apetece, também há sushi, pratos de carne e de peixe. Uma refeição custa em média 25‎€, mas ao almoço há menus especiais a 12€.

Morada: Rua de Rodrigues Sampaio 179, Porto
Telefone: 308 812 461

Pela noite fora

O espaço Selina abriu em 2018 no Porto

Instagram

6. Há Luz no Parque

De dia ou de noite, vale sempre a pena visitar a Fundação de Serralves. Mas durante os meses de julho e setembro, o jardim tem um programa especial com iluminação. Chama-se Há Luz no Parque e consiste num plano de atividades onde a luz, para além de iluminar, toma outros propósitos — como relaxar, interagir, educar, provocar e contemplar. O evento acontece todas as quintas, sextas-feiras e sábados, com início às 21h30, e tem o custo de 5€ e entrada gratuita até aos 12 anos.

Cantê abre a sua primeira loja no Porto

7. Selina

Um hotel e um mundo dentro do mesmo local — falamos do Selina, claro. É uma excelente escolha para ficar no centro da cidade e está a uma distância reduzida dos monumentos mais visitados. Para além disso, no jardim pode esperar encontrar concertos ao vivo, exposições de arte, talks ou jantares temáticos. No caso de não haver nada a acontecer, é sempre agradável para tomar um copo e pôr a conversa em dia. Um espaço moderno com um conceito alternativo e bom para os amantes de fotografia. Abriu em 2018 e é o primeiro de uma rede de hotéis na Europa.

8. Cinema Fora do Sítio

As temperaturas subiram e se durante o dia é quase impossível andar ao ar livre, à noite o ambiente é bem mais agradável. Não precisa de se enfiar em centros comerciais e salas de cinema para passar a noite de sábado, sobretudo quando tem na lista de opções o Cinema Fora do Sítio. As sessões acontecem durante o mês de agosto e percorrem diferentes espaços públicos na cidade. A entrada é gratuita e há um espaço para entreter os miúdos (deve dar-lhe uns dez minutos de filme descansado), com puffs e almofadões. Neste sábado, 31, o filme em cena é “X-Men: Fénix Negra”. Não há lugares marcados por isso chegue cedo e aproveite as pinturas faciais gratuitas para as crianças.