Foi no apartamento de Mist — que na vida real se chama Rhys Thomas Sylvester —, em Almancil, que o incidente aconteceu. Segundo o jornal britânico “Mirror“, o apartamento foi invadido na noite desta terça-feira, 27 de agosto, por desconhecidos, que levaram o passaporte de Mist , telemóveis e algumas joias. 

O músico estava no Algarve desde o início do mês, tendo sido uma das cabeças de cartaz do festival Afro Nation, que se realizou entre os dias 1 e 4 de agosto na Praia da Rocha, em Portimão. Estreou-se com o primeiro álbum “M I S to the T” em 2016, mas o seu projeto mais recente, “Diamond in the Dirt”, foi lançado em 2018.

Festival Glastonbury. Um rapper subiu ao palco com uma obra de Banksy

O artista de 27 anos foi baleado numa perna e de seguida levado para o hospital de Faro pelos dois amigos que disseram às autoridades portuguesas que o assalto foi protagonizado por “dois a três homens, com sotaque irlandês”. 

Na madrugada de terça-feira, a brigada de intervenção da GNR começou por dar entrada na habitação, envolvendo também os inspetores da Polícia Judiciária de Faro, que estão agora a investigar o caso.