Um zoo francês está “indignado com a estupidez e o desrespeito” de dois visitantes

Os jovens usaram as próprias unhas para escrever nas costas de um rinoceronte que se encontrava a descansar.

A rinoceronte Noëlle vive há 35 anos no jardim zoológico La Palmyre

Casey Allen / Pexels

As fotos com animais num jardim zoológico são uma das principais atrações destes espaços — é uma espécie de mistura de adrenalina por estar perto de um animal selvagem, com a segurança de saber que nada lhe vai acontecer. Infelizmente, há quem não saiba respeitar os animais e leve isto demasiado longe.

A 22 de agosto, a atitude de dois jovens visitantes agitou o diretor do Zoo La Palmyre, em Les Mathes, França. Pierre Caille disse estar “indignado com a estupidez e o desrespeito” destes indivíduos, conforme cita a revista chilena “Qué Pasa”.

Os rinocerontes estão num recinto aberto, ligeiramente abaixo do nível onde circulam os visitantes, e são uma das principais atrações do zoo. Quando estão junto às extremidades do espaço, os visitantes conseguem tocar-lhes.

A viver no Zoo La Palmyre há 35 anos, o rinoceronte parece não se ter apercebido do sucedido

facebook

Camille e Julien, dois jovens visitantes, decidiram escrever, com as unhas e pó, os próprios nomes nas costas da rinoceronte Noëlle. A viver no Zoo La Palmyre há 35 anos, o animal parece não se ter apercebido da situação, uma vez que continuou a descansar.

Os nomes foram “rapidamente apagados com a ajuda de uma escova e não causaram danos ao animal”, diz a direção. A atitude gerou reações pela internet e a instituição de proteção da vida selvagem Le Biome afirmou que a possibilidade dos visitantes tocarem tão facilmente nos animais fica “aquém dos padrões”.

O Zoo La Palmyre já assumiu que não vai tomar qualquer medida em relação aos jovens, no entanto, fará uma reflexão sobre “o fortalecimento das medidas de vigilância e segurança”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]