Miley Cyrus altera letra da nova canção nos MTV VMAs — e o motivo pode ser o ex-marido

Lançada após o anúncio do divórcio, "Slide Away" foi apresentada nos MTV VMAs — mas com algumas mudanças e uma possível indireta para Liam.

O ex-casal anunciou o divórcio a 11 de agosto

A canção “Slide Away” foi lançada a 16 de agosto, pouco tempo depois de Miley Cyrus e Liam Hemsworth anunciarem publicamente que o casamento de oito meses — e a relação de dez anos — tinha chegado ao fim. Se o single for baseado na vida do casal, podemos perceber que uma das razões para o fim da relação foi a vida agitada de Liam. Na canção, é mencionado especificamente whisky e comprimidos.

Esta segunda-feira, 26 de agosto, Miley Cyrus atuou nos MTV VMAs, que aconteceram em Nova Jersey, e subiu ao palco para interpretar “Slide Away”. No entanto, fez uma alteração subtil na letra da canção.

No final da música, a letra deveria ser: “Tu estás certo, estamos crescidos agora”. No entanto, na atuação ao vivo Miley disse duas vezes: “Tu estás certo, eu estou crescida agora”. Como seria expectável, os fãs recorreram às redes sociais para questionar se a alteração na letra teria sido um equívoco ou uma indireta para Liam. 

Desde que o casal anunciou o divórcio a 11 de agosto, houve várias teorias sobre a razão principal para o fim do casamento. Algumas pessoas dizem que Miley achava que Liam frequentava demasiadas festas, enquanto outras dizem que ela o traiu, uma vez que nessa mesma altura a cantora estava de férias com os amigos em Itália e foi vista a beijar Kaitlynn Carter, ex-mulher de Brody Jenner.

Porém, a cantora desmentiu estas alegações através de uma publicação no Twitter, a 22 de agosto, explicando que não existiu nenhuma falta de respeito na relação. “Eu posso admitir muitas coisas, mas recuso-me a admitir que o meu casamento acabou por traição. O Liam e eu estamos juntos há uma década. Eu já tinha disto isto antes e continua a ser verdade, eu amo o Liam e vou sempre amá-lo”, escreveu.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]