O senhor André, dono da mercearia, que vendia coisas “importadas diretamente da Tailândia”. Os alentejanos que tiravam a boina e diziam “Cabecinha pensadora”. A farmacêutica que começava o diálogo sempre com um: “Quer um produto químico, natural, ou assim-assim?”

Sente o seu cérebro a fazer faísca neste momento? De repente estas frases começam a rebuscar na memória os cenários e as piadas que le enchiam a televisão todas as noites? É isso mesmo, falamos d’ “Os Malucos do Riso“, um clássico dos anos 90 que, tal foi o sucesso, se prolongou, entre reposições e novas temporadas, até 2008.

Atenção, atenção: “Jogos Sem Fronteiras” estão de regresso à televisão

À versão original, seguiram-se os “Mini Malucos do Riso”, “Os Malucos na Praia”, “Os Malucos nas Arábias”, “Malucos e Filhos”, “Os Malucos no Hospital” e “Os Malucos na Selva”. Foram mais de 3 mil anedotas contadas e, ainda que já tenha deixado de ser exibido há muitos anos, a fórmula parece funcionar, até porque a SIC decidiu agora voltar a exibir a série de comédia.

Com um total de 575 episódios distribuídos por 29 temporadas, “Os Malucos do Riso” estão de volta à grelha do canal e ocupam o horário da madrugada, mais precisamente entre as 5h35 e as 6 horas.

Do elenco fazem parte nomes como Guilherme Leite (criador do formato), Camacho Costa, José Raposo, Vítor Espadinha, Diogo Morgado, Nuno Melo, Delfina Cruz, Joaquim Nicolau, Carlos Areia, Luís Aleluia, Pêpê Rapazote, Manuela Cassola, Carla Andrino, Sílvia Rizzo, Almeno Gonçalves, Sofia Nicholson, entre outros.