Da próxima vez que quiser elogiar o serviço ou queixar-se dos longos tempos de espera entre comboios, vai poder fazê-lo pelo Instagram e identificar a conta oficial do Metro de Lisboa. A aproveitar o Dia Mundial da Fotografia, que se celebrou esta segunda-feira, 19 de agosto, a empresa decidiu marcar agora presença na rede social e promete aproximar-se dos seus clientes.

Num comunicado enviado às redações esta terça-feira, 20 de agosto, o Metropolitano de Lisboa faz saber que a presença no Instagram tem como objetivo “reforçar a imagem” da marca bem junto da comunidade que depende dela para as suas deslocações diárias.

Além da partilha de campanhas, eventos especiais da marca e ações de sensibilização para a importância do meio de transporte na cidade, também está prevista a divulgação de intervenções artísticas nas várias estações da rede do Metro.

Desde que chegou ao Instagram, a conta oficial da empresa ainda não atingiu os 100 seguidores mas já está a ser preparado um desafio. A ideia passa por levar os clientes do Metro de Lisboa a escolher aquela que consideram ser a estação mais fotogénica da rede.

Estas são as 50 melhores fotografias de 2019

A participação não podia ser mais simples: basta tirar uma fotografia à sua estação de Metro favorita e partilhar no Instagram com as hashtags #MetroLisboa, #desafio e #FotoMetroLisboa.

Mas esta não é a única forma que a marca arranjou de se expressar na rede social. A segunda publicação dá a conhecer uma das curiosidades do serviço, que começou a ser projetado em meados de 1885.

“Sabia que foi em 1885 que surgiu a primeira proposta de construção do Metropolitano de Lisboa? Nessa altura a ideia era criar uma linha que ligasse Santa Apolónia a Algés, passando pelo Rossio, Rua de São Bento, Janelas Verdes e Alcântara”, lê-se.

Além do Instagram, o Metropolitano de Lisboa também está ativamente no Facebook desde janeiro de 2010.