O festival minhoto regressa às margens do rio Taboão para quatro dias repletos de boa música. A nova edição do Vodafone Paredes de Coura arranca já está quarta-feira, 14 de agosto e decorre até sábado, 17. O parque de campismo abre já esta segunda-feira, 12 de agosto, a todos aqueles que tenham tenham um bilhete válido para o festival, seja ele diário ou geral.

Ao longo dos quatro dias do festival, as temperaturas vão rondar os 25 graus e só está prevista chuva para o último dia do evento, no sábado. No cartaz, que se divide em três palcos, estão nomes como The National, Father John Misty, New Order e Deerhunter.

Os passes gerais e os bilhetes para o primeiro dia já estão esgotados mas ainda há entradas para os dias 15, 16 e 17 de agosto. À venda nos locais habituais, ou no site oficial do festival, os bilhetes ainda disponíveis custam 55€. Qualquer que seja o bilhete que tenha, é obrigatório que o troque por uma pulseira à entrada do festival.

Tal como na edição anterior, o Paredes de Coura luta por ser um festival mais sustentável. Para isso, os ecopontos humanos regressam ao festival para consciencializar para a importância da reciclagem.

Já a ERP Portugal, responsável pela gestão de equipamentos elétricos, vai ter ações de sensibilização sobre a importância de reciclar e tratar objetos, como pilhas ou outros equipamentos eletrónicos, muitas vezes compostos por substâncias nocivas para o ambiente.

Mostramos-lhe tudo o que precisa de sobre a nova edição do Vodafone Paredes de Coura.

Como chegar e voltar?

Se decidir deslocar-se de carro até ao recinto do festival, a melhor forma é através da A3 com saída em Paredes de Coura. A organização garante vários parques de estacionamento no centro da vila, a cerca de 900 metros do recinto.

Pode deixar o carro estacionado por um período máximo de 5 dias com direito a desconto especial apenas válido para portadores do bilhete geral. Para festivaleiros com bilhetes diários também há parques de estacionamento a preço reduzido.

“Se a tua amiga for tão boa como tu comemos as duas”. Cartazes no festival MEO Sudoeste geram polémica

Mas também pode ir de autocarro através da Rede Expressos, que estabeleceu uma parceria com a organização para oferecer um desconto de 30% a todos os portadores de bilhetes diários ou gerais para o festival. Para usufruir do desconto basta utilizador o código pdcoura2019 na altura da compra.

Se for de comboio, é em Valença do Minho que encontra a estação de comboios mais próxima e com carreiras regulares entre Valença e Paredes de Coura durante os quatro dias do festival.

O que pode comer?

Além das várias bancas de street food com todo o tipo de opções, fora do recinto há vários cafés e restaurantes a uma distância máxima de 15 minutos a pé.

É o caso de Abrigo do Taboão com comida caseira a preços entre os 15€ e os 25€. Também tem o Restaurante Miquelina e até o Restaurante Pizzaria Romântica — com várias opções de pizza e outros pratos, como bifes ou polvo assado no forno.

O que não pode entrar no recinto?

A organização do Vodafone Paredes de Coura reserva-se ao direito de impedir a entrada no recinto de todos os que se façam acompanhar de objetos proibidos.

Não pode entrar no recinto com bebidas, caixas com comida ou latas e copos de vidro. As máquinas fotográficas, gravadores de som, capacetes, selfie sticks ou perfumes e vernizes são objetos proibidos e são apreendidos à entrada. Também não é permitida a entrada no recinto com lanternas, lasers e chapéus de chuva.

O campismo é grátis?

O acesso ao parque de campismo está incluído no valor do bilhete. Enquanto os portadores de passe geral têm acesso ilimitado ao campismo, os festivaleiros com bilhete diário só têm acesso a partir das 8 horas do dia correspondente e até às 12 horas do dia seguinte.

21 perguntas que sempre quis fazer a um produtor de festivais de verão (que é o babysitter dos artistas)

Apesar de haver um espaço para caravanas, a organização não garante que haja espaço para todas. A cerca de 15 minutos do recinto, há um parque de estacionamento pago para caravanas que pode ser utilizado em caso de necessidade.

Palco Vodafone

Quarta-feira, 14 de agosto

18h30. Bed Legs
19h40. Julia Jacklin
21h20. Boogarins
23h15. Parcels
00h45. The National

Quinta-feira, 15 de agosto

18h15. Khruangbin
19h50. Alvvays
21h10. Car Seat Headrest
22h50. New Order
01h00. Capitão Fausto

Sexta-feira, 16 de agosto

18h15. First Breath After Coma
19h25. Jonathan Wilson
21h10. Deerhunter
22h50. Spiritualized
00h45. Father John Misty

Sábado, 17 de agosto

18h15. Ganso
19h35. Mitski
21h20. Patti Smith & Her Band
23h15. Freddie Gibbs & Madlib
00h45. Suede

Palco Vodafone FM

Quinta-feira, 15 de agosto

17h45. Cave Story
19h05. Stella Donnelly
20h30. Boy Pablo
22h00. Avi Buffalo

Porque é que o Tremor não é um festival como os outros?

Sexta-feira, 16 de agosto

17h45. Derby Motoreta’s Burrito Kachimba
18h45. Balthazar
20h30. Black Midi
22h10. Connan Mockasin

Sábado, 17 de agosto

17h45. Time For T
18h45. Alice Phoebe Lou
20h40. Sensible Soccers
22h20. Kamaal Williams

Palco After Hours

Quarta-feira, 14 de agosto

02h25. Kokoko!
03h25. Nuno Lopes

Quinta-feira, 15 de agosto

02h00. Acid Arab
03h00. Kristal Klear

Sexta-feira, 16 de agosto

02h00. Peaking Lights
03h00. Romare

Sábado, 17 de agosto

02h10. Flohio
02h50. Jayda G