O comediante Guy Branum (“Awkward“) foi encarregue de ressuscitar, na forma de uma série adaptada aos dias de hoje, “Como Perder um Homem em 10 dias”, uma das comédias românticas mais icónicas do início dos anos 2000.

No filme de 2003, realizado por Donald Petrie, a jornalista Andie, interpretada por Kate Hudson, tem uma missão: descrever — e cometer — todos os erros que levam os homens a fugir de uma mulher. A vítima é o publicitário Benjamin Barry, interpretado pelo vencedor do Óscar na categoria de Melhor Ator, pela interpretação no filme “Clube de Dallas”, Matthew McConaughey.

Claro que as intenções dele também não são absolutamente transparentes. E o resto já sabemos.

Os 50 melhores filmes da Netflix, segundo os utilizadores do IMDb

Ainda não há data de estreia ou notícias sobre o elenco que irá integrar a série, mas já se sabem alguns pormenores sobre a narrativa: foi descrita como uma “versão moderna” do filme em que se inspira, com contornos diferentes, adaptados à atualidade. Citada pela revista “The Cut“, a plataforma americana de streaming Quibi (a cargo da produção e da divulgação do programa), explica que a nova história vai centrar-se numa “jovem colunista online e num executivo de publicidade que faz demasiado sexo”.

O desafio aqui não vai ser desfazer a relação. É o contrário: “Os dois precisam de provar, de uma vez por todas, que são capazes de manter uma relação de monogamia.

“Achávamos que já não podíamos fazer boas comédias românticas porque os media em papel estão mortos e as mulheres das comédias românticas têm de trabalhar sempre em revistas. Mas, remando contra a maré, a Quibi & Paramount concordaram em deixar-me reescrever ‘Como Perder um Homem em 10 Dias'”, escreveu Branum, esta quinta-feira, 1 de agosto, no Twitter. “Vou estar a observar e a consultar inúmeras fotografias do Matthew McConaughey sem T-shirt para fazer uma pesquisa adequada para esta tarefa.”