Milhares de frangos morreram devido ao calor extremo no Reino Unido

Os animais não sobreviveram às altas temperaturas no país. Aviso: as imagens podem chocar os leitores mais sensíveis

Os animais mortos foram empilhados à volta da quinta

Connor Creaghan/The Lincolnite

As temperaturas têm estado elevadas em vários pontos do globo, mas não é só o Homem que sente os efeitos do aquecimento global. O calor levou à morte de milhares de frangos na quinta Moy Park, em Newton on Trent, Lincolnshire, na passada quinta-feira, 25 de julho. Este foi o dia com as temperaturas mais altas de sempre no Reino Unido.

Os termómetros dentro da quinta onde estavam os frangos chegaram perto dos 40ºC. Não se sabe ao certo quantos frangos morreram (ou se algum resistiu ao calor), mas o “The Lincolnit” indica que o número chega aos milhares. Os repórteres do mesmo jornal foram ao local e relatam que os frangos estavam distribuídos em seis empilhamentos à volta da quinta.

Foram encontrados seis empilhamentos de frangos mortos à volta da quinta

Connor Creaghan/The Lincolnite

As imagens chocantes que mostram os animais mortos à frente da quinta têm corrido a internet. No Twitter, surgiram criticas sobre o assunto: “Sem desculpas. A tecnologia existe para arrefecer edifícios como este e manter o interior com uma temperatura confortável.”

No local, um dos membros do staff do Moy Park referiu ao “The Lincolnit”: “Tentámos fazer tudo, mas não havia mais nada que pudéssemos fazer. O clima estranho fez-lhes isto. Por favor, não transforme isto em algo mau”.

Referiram ainda que tem sido difícil retirar os animais da fazenda nos últimos dias. “Os ativistas de animais pensam que não nos importamos com eles, mas importamo-nos realmente.

A Moy Park fornece a grandes cadeias de supermercado do Reino Unido, como a Sainsbury e a Tesco. Esta empresa é certificada pela Red Tractor por cumprir com os padrões estabelecidos pela empresa, cujo objetivo é fornecer aos consumidores alimentos rastreados, seguros e produzidos com responsabilidade.

Mais duas pilhas de animais mortos nas traseiras da quinta no Reino Unido

Connor Creaghan/The Lincolnite

A Red Tractor reagiu e disse ao The Independent: “A segurança dos animais é a nossa prioridade. As temperaturas recorde da semana passada representam desafios significativos para o gado, os animais de estimação e os humanos.”

Depois da morte dos animais, um porta-voz da Moy Park disse também ao “The Independent“: “Nós estamos a trabalhar com os nossos parceiros agrícolas para monitorizar a situação e implementar procedimentos para ajudar a proteger as nossas aves contra o calor extremo”. 

O porta-voz da cadeia de supermercados Sainsbury também fez declarações ao jornal inglês, dizendo que o bem-estar animal é extremamente importante e que estão em contacto com os fornecedores sobre as temperaturas recorde da semana passada.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]