Influenciadora digital russa encontrada morta dentro de uma mala de viagem

A blogger de viagens e recém licenciada em dermatologia tinha apenas 24 anos e foi esfaqueada. A família encontrou-a morta no apartamento.

Ekaterina Karaglanova partilhou a última fotografia no Instagram na Grécia, a 22 de julho

Recém licenciada em dermatologia, e com mais de 90 mil seguidores no Instagram, Ekaterina Karaglanova, de 24 anos, foi encontrada morta no seu apartamento, em Moscovo.

Depois de vários dias a tentar contactá-la, mas sem sucesso, a família ligou para o senhorio e pediu acesso ao apartamento, onde acabou por encontrá-la na entrada da casa, morta com várias facadas no peito e na garganta, fechada numa mala de viagem. O pai de Ekaterina Karaglanova chamou imediatamente uma ambulância, mas era tarde demais: o corte na garganta era demasiado profundo e a jovem já estava sem vida.

A influenciadora digital tinha começado uma nova relação recentemente, com quem tinha planeado uma viagem à Holanda para celebrar o seu aniversário nesta quarta-feira, 30 de julho. Ciúmes poderão ser a principal suspeita do homicídio. O ex-namorado é também uma hipótese para a polícia, visto que as câmaras de vigilância do prédio apanharam-no a visitar o espaço uns dias antes do desaparecimento da blogger.

Segundo a polícia russa, não foram encontrados quaisquer sinais de luta no apartamento, nem qualquer arma do crime.

As últimas fotografias da blogger de viagens no Instagram foram tiradas na Grécia, na ilha Corfu, onde partilhou que apesar de viajar com frequência, só passava cerca de três a cinco dias em cada sítio. O último post foi feito a 22 de julho.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]