Vizinhos de Meghan Markle e Harry têm que seguir uma (longa) lista de regras

Não podem meter conversa com o casal, nem brincar com os seus cães mesmo que estes os procurem. Ser vizinho da realeza é assim.

O Palácio de Buckingham garante que o casal não está envolvido nesta lista de regras

Ser vizinho da realeza pode ser mais difícil do que se imagina. Meghan Markle e o príncipe Harry já se mudaram para Frogmore Cottage, a sua casa em Windsor, mas antes de o fazerem, foi feito um comunicado especial a quem vive perto.

Os vizinhos de Meghan Markle e de Harry receberam uma lista detalhada daquilo que podem e não podem fazer sempre que encontrarem os Duques de Sussex. As regras incluem não se poderem aproximar do casal real, não poderem fazer conversa, não poderem brincar com os seus cães (mesmo que estes vão ter com eles) não pedirem para ver o bebé Archie e nunca se oferecerem para cuidar do bebé ou dos cães.

A regra de os vizinhos não poderem falar com o casal só não se aplica no caso de os Duques de Sussex tomarem a iniciativa de falar com eles.

“É incrível. Nunca ouvimos nada deste género. Todos os que vivem neste estado trabalham para a realeza e sabem como conviver com eles de forma respeitosa. Nunca nos disseram como agir perto da rainha desta forma. Ela fica muito contente quando as pessoas a cumprimentam”, explicou um dos vizinhos.

Segundo o porta-voz do Buckingham Palace, não foram Meghan Markle e Harry quem criou estas regras, sendo que estes nem sequer têm conhecimento dessa lista. “O Duque e a Duquesa não têm conhecimento deste briefing e não tiveram qualquer envolvimento na criação do seu conceito e conteúdo. Isto foi um briefing bem intencionado para ajudar a comunidade a saber como receber estes novos residentes e ajudá-los num possível encontro.”

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]