Lisboa vai ter rua em homenagem a Marielle Franco

A vereadora assassinada em 2018 será homenageada na capital portuguesa. A proposta feita pelo Bloco de Esquerda foi aprovada pela CML.

A Comissão Municipal de Toponímia decidirá qual a rua em Lisboa que terá o nome da vereadora

Mídia NINJA

A ativista brasileira, que foi assassinada a 14 de março de 2018, tornou-se num ícone da luta contra a desigualdade social e o racismo. Foram várias as homenagens feitas ao seu trabalho, tanto no Brasil como em Portugal e, agora, Lisboa decidiu prestar-lhe uma tributo especial: Marielle Franco vai dar o nome a uma rua da capital portuguesa.

A proposta apresentada pelo Bloco de Esquerda foi aprovada pela Câmara Municipal de Lisboa, por unanimidade, ficando agora a faltar a análise da proposta do vereador Manuel Grilo de homenagem a Marielle Franco, pela Comissão Municipal de Toponímia, a quem cabe a decisão de definir qual a rua de Lisboa que terá esse nome.

Marielle Franco foi vereadora no Rio de Janeiro, pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), a quinta mais votada nas eleições de 2016, com mais de 46 mil votos, e foi morta quando viajava de carro pelo centro da cidade brasileira, depois de participar num ato político com mulheres negras. Também o seu motorista Anderson Gomes foi assassinado nesta viagem.

“Socióloga, feminista, militante dos direitos humanos e crítica da recente ocupação de vastas áreas urbanas pela intervenção militar do governo federal no Rio de Janeiro, Marielle Franco empenhou-se na luta pelos direitos humanos, especialmente em defesa dos direitos das mulheres negras e dos moradores de favelas e periferias, e na denúncia da violência policial”, explica o vereador do Bloco de Esquerda, Manuel Grilo, em nota enviada pelo gabinete.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]