Estamos a reciclar cada vez mais em Portugal. E sabe qual é o material que mais reciclamos?

Em 2019 foram recicladas 175 mil toneladas de resíduos, o equivalente a 450 aviões comerciais. Veja qual o material que mais reciclamos.

A reciclagem tem sido uma preocupação cada vez maior dos portugueses

Sociedade Ponto Verde

Vivemos num mundo cada vez mais preocupado com a pegada ecológica. Se há duas décadas os ecopontos ainda não estavam presentes em muitos locais do País, e a reciclagem era uma palavra estranha para muitos portugueses, hoje o paradigma alterou-se e há cada vez menos pessoas que não separam o lixo.

E há números para comprovar isso: de acordo com um comunicado divulgado pela Sociedade Ponto Verde, a reciclagem cresceu 11% em Portugal em 2019, face ao mesmo período de tempo de 2018. Assim, foram encaminhadas para reciclagem 175 mil toneladas de resíduos, um valor equivalente ao peso de 450 aviões comerciais.

Segundo o mesmo comunicado, entre os materiais que registaram maior aumento de toneladas recolhidas destaca-se o vidro (que teve um crescimento de 10%), o papel e o cartão (16%), o alumínio (13%) e o plástico ( 5%).

Ana Isabel Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde, salienta que estes dados “refletem uma cada vez maior atenção dada pelos portugueses à sustentabilidade e economia circular, e ao impacto positivo da reciclagem em termos ambientais e socioeconómicos”.

O “empenho conjunto dos players diretos do setor”, que têm apostado em passos importantes como “a modernização de modelos e equipamentos de recolha seletiva como, por exemplo, a aposta na recolha de proximidade e porta a porta” também têm sido cruciais, continua Ana Isabel Trigo Morais.

A contribuir para este aumento crescente da reciclagem em Portugal está também a presença de várias iniciativas ecológicas em eventos como festivais de verão, tal como o Sumol Summer Fest, NOS Alive e Super Bock Super Rock, com o objetivo de incentivar o público a adotar as melhores práticas de reciclagem durante os eventos, bem como estes mesmos comportamentos no tratamento das embalagens usadas no seu dia a dia.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]