A notícia da separação de um dos casais mais discretos de Hollywood foi recebido com um misto de emoções. Muitos acreditavam que a relação estaria para terminar, principalmente depois da atuação de Cooper e Gaga nos Óscares, outros foram apanhados de surpresa com  facto da relação ter chegado ao fim.

Mas Irina Shayk e Bradley Cooper estão mesmo separados, mas ambos empenhados na educação da filha, Lea de Seine.

Segundo a revista “Elle”, que cita o site de celebridades “TMZ”, os dois concordaram em ficar a viver na mesma cidade pelo bem-estar da criança de dois anos que têm em comum. Este acordo vem no seguimento da custódia partilhada da filha. Shayk e Cooper terão decidido ficar em Nova Iorque em vez de Los Angeles.

Bradley Cooper e Irina Shayk estão separados. É o 12.° casal a romper este ano

Segundo a mesma publicação, a modelo e o ator terão concordado em dividir a custódia da filha, apesar da divisão entre os dois não ser estanque e poder variar de mês para mês conforme os trabalhos das duas personalidades de Hollywood.

Os dois estarão tão dedicados em educar Lea juntos que não terão assinado nenhum documento oficial sobre a custódia.

Esta situação vem no seguimento das informações que davam conta que durante e depois da separação, a prioridade número um seria a filha que têm em comum. Na altura da separação, foram várias as fontes que deram conta que Irina e Bradley apenas estariam juntos pela filha.