“Alguns cozinham para viver, nós vivemos para cozinhar e partilhar”. É assim que o restaurante Boa-Bao se descreve e foi exatamente para poder partilhar a sua cozinha que os proprietários decidiram internacionalizar e levar o conceito até Barcelona.

O restaurante pan-asiático, que conquistou os lisboetas há cerca de dois anos e os portuenses há um, voou até à cidade espanhola e com ele levou todas as receitas de sucesso desta carta inspirada na Tailândia, Vietname, Laos, Camboja, Malásia, Indonésia, Filipinas, Coreia, Japão e China.

A escolha de Barcelona para a abertura do terceiro restaurante do grupo deveu-se ao facto de terem percebido que não existia oferta deste tipo na cidade. Além disso, a filha e genro de dois dos sócios do grupo estão a viver agora por lá. O genro é o manager deste novo espaço.

E de um só peixe se faz uma noite de sushi. É assim no U.M.I

Num espaço com 430 metros quadrados, dois pisos, duas cozinhas e 140 lugares sentados, o novo Boa-Bao fica numa antiga galeria de arte, junto ao Passeig de Grácia, e lembra uma descontraída cantina de Saigão dos anos 20. Neste espaço há também lugar para pormenores levados de Portugal, como as andorinhas Bordallo Pinheiro.

A carta mantém-se fiel à que já conhecemos — com o já famoso “oh darling, let’s be adventurers” —, e conta com os gua baos, sopas grandes, saladas, pratos de caril, pratos no wok, sobremesas e cocktails. Tal como em Portugal, a carta tem também opções vegan e sem glúten e alguns dos pratos são sazonais, de modo a ter apenas ingredientes da época.

O restaurante fica na Plaza del Doctor Letamendi, n.º 1, e está aberto todos os dias para almoço e jantar, desde 9 de julho, entre as 12 e a meia-noite, exceto sexta-feira e sábado, que fecha à uma da manhã.

5 fotos