Alerta estereótipos (mas daqueles que não ofendem ninguém): basta uma pequena volta pelo Instagram para percebermos que nas fotografias publicadas pelas utilizadoras femininas, todos os pormenores contam (não é que os homens não façam o mesmo, mas uma pequena estatística a olho permite-nos generalizar desta forma). Não será por acaso que as influenciadoras digitais são quase todas mulheres.

Posto isto, é fácil imaginar a percentagem de dedicação que cada elemento de um casal coloca nas imagens que capta do outro. Eles têm no portfólio imagens bem iluminadas, que mostram o melhor de si, com ângulos pensados e nada desfocados. Elas podem não ter tanta sorte: na imagem ficou imortalizado o bocejo, o bolo alimentar formado naquele jantar romântico, o foco no candeeiro da rua, ao contrário da cara da suposta protagonista, que passou a figurante, porque está absolutamente desfocada. 

Como era Alvalade? E a Baixa? 100 fotografias antigas de Lisboa

Temos provas. O Bored Panda reuniu 30 imagens de fotografias tiradas pelas namoradas versus as fotografias tiradas pelos namorados.

30 fotos