Para quem é fã incondicional da série espanhola “La Casa de Papel”, assistir em primeira mão ao primeiro episódio da terceira temporada em Madrid é uma experiência que não se esquece. Foi isto que aconteceu à atriz Mariana Monteiro, que foi a única portuguesa convidada para marcar presença na estreia deste episódio.

À MAGG, explica que o convite veio através da MEO Portugal e que não hesitou em dizer que sim, uma vez que é fã assumida da série. A estreia decorreu em Madrid, no cinema Callao, e lá viveu-se “um ambiente genuinamente alegre e descontraído”, explica a atriz de 30 anos.

Para a ocasião, Mariana Monteiro escolheu um vestido preto da marca Pé de Chumbo, uns saldos da Aldo e as joias da marca portuguesa Carolina Curado.

A atriz escolheu um vestido preto da marca Pé de Chumbo

Esteve perto do elenco da série e afirma que são “cheios de talento”. Infelizmente não conseguiu privar com os mesmos por falta de horário: “Não deu para conviver. Tive de ir embora cedo porque no dia seguinte já tinha que estar em Lisboa”, confessou.

Sobre o episódio que viu, diz que conseguiu superar expectativas. “A segunda temporada terminou de uma forma que deixou muita expectativa e agora esta terceira temporada consegue surpreender”, confessou à MAGG. As suas personagens preferidas são Tokyo e Denver.

A caixa de música de “La Casa de Papel” que torna “Bella Ciao” numa canção de embalar

De toda a experiência, Mariana Monteiro retira a importância das plataformas de streaming, que conseguiram criar conteúdos de sucesso noutras línguas. “Foi uma noite feliz. É positivo ver que as plataformas de streaming, como a Netflix, criam conteúdos que são mundialmente aceites mesmo que a língua original não seja o inglês”, confessa.

Já em Portugal, admite que é difícil não falar sobre o novo episódio. “Confesso que fiquei com alguma vontade de poder brincar com os meus amigos e contar-lhes o que aconteceu. Mas só pela brincadeira”.