8 curiosidades que possivelmente desconhecia sobre “Toy Story 4”

Há uma ligação aos Red Hot Chili Peppers e as matrículas dos carros escondem segredos. Há muito para explorar neste quarto filme.

O filme tem sido um sucesso de audiências

IMDB

Estreou-se a 27 de junho em Portugal e tem provocado uma autêntica correria aos cinemas: “Toy Story 4” traz de volta Woody, Buzz Lightyear e companhia e os fãs não se cansam de elogiar o filme, com público e crítica a juntarem-se a uma só voz na onda positiva à produção da Disney.

O quarto filme do franchise foca-se numa viagem de carro com as várias personagens que mudaram a vida a uma geração que cresceu a pensar que os brinquedos do quarto tinham realmente vida. Desta vez, apresenta-nos novos heróis, novas músicas e, por isso, há muito a saber sobre o novo filme.

O site “Insider” reuniu algumas curiosidades sobre “Toy Story 4” e nós apresentamos-lhe as oito mais marcantes. Sabia que Duke Caboom foi inspirado numa pessoa real? Que as matrículas dos carros têm significados escondidos? Descubra tudo isto e muito mais.

1. A atriz Betty White interpreta a personagem Bitey White

Na cena inicial do filme, podem ver-se um conjunto de diferentes brinquedos no quarto da Bonnie, incluindo o que parece ser um tigre laranja com uma zona para os bebés morderem (e aliviar as dores do surgimento da dentição). A atriz que dá voz ao brinquedo é Betty White, cujo nome foi a inspiração também para o nome da personagem, Bitey White, numa clara metáfora à ação de morder.

2. O filme tem uma ligação aos Red Hot Chili Peppers

Em “Toy Story 4”, existe uma cena em que surge um spot publicitário ao brinquedo Duke Caboom. A voz do anúncio pertence ao baixista Flea, dos Red Hot Chili Peppers.

3. “Toy Story 4” é o filme da saga com melhor classificação de audiências no Rotten Tomatoes

Dos quatro filmes do franchise, “Toy Story 4” é a produção mais bem classificada, em termos de audiências, no site de cinema Rotten Tomatoes: o primeiro filme tem 92%, o segundo, 86%, o terceiro 89% e o mais recente alcança o pódio, com uma audiência de 95% dos utilizadores do site.

No entanto, em termos de classificações gerais, “Toy Story 4” surge em segundo lugar, empatado com o terceiro volume da saga. Os dois primeiros filmes atingem uma classificação de 100%, e estão ambos em primeiro lugar.

4. A voz de Don Rickles foi fabricada com gravações antigas

O ator que dava voz à personagem de Senhor Cabeça de Batata, Don Rickles, morreu em 2017, antes de conseguir gravar as falas para o novo filme. Com a permissão da família do ator, a Disney recriou a sua voz recorrendo a gravações antigas: a equipa percorreu 25 anos de cassetes para encontrar as falas ideais e usá-las em “Toy Story 4”.

5. A matrícula de um dos carros tem um significado secreto

Quando Woody e Bo Peep se estão a despedir fora da casa de Andy, o carro no qual o casal está escondido tem a matrícula RMR F97. Esta é uma alusão ao código do filme “Toy Story 2 — Em Busca de Woody”, que foi acidentalmente apagado com esta referência. Felizmente, a Disney conseguiu recuperar uma cópia em backup, e o filme estreou a tempo nos cinemas.

6. Duke Caboom foi inspirado numa pessoa real

Keanu Reeves dá voz à personagem de Duke Caboom, mas a mesma foi inspirada no famoso duplo de cinema Evel Knievel. Para além disso, este boneco já tinha surgido num outro filme de animação da Disney, “The Incredibles 2: Os Super- Heróis”.

7. Woody é o último a falar no filme

Já é tradição: em todos os filmes da saga Toy Story, Woody é o último a falar antes de surgirem os créditos finais.

8. Jordan Peele e Keegan-Michael Key cantaram durante 20 minutos

Durante uma sessão de gravação, os produtores pediram a Jordan Peele e Keegan-Michael Key para improvisarem uma canção para o filme. A dupla de atores revelou numa entrevista a Jimmy Fallon que cantaram durante 20 minutos, mas apenas cinco segundos foram incluídos em “Toy Story 4”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]