Esta é a minha altura do ano preferida, mas também é aquela em que só me apetece fugir da confusão e aproveitar o chinelo no pé, o sol e o que ele nos traz de bom. Este mês vou à Sardenha (uma semaninha), uma ilha no Mediterrâneo (espero que a água esteja quentinha…) mas, por acaso, nesta altura do ano, prefiro ir de férias para destinos portugueses, e aproveitar as restantes estações para ir para fora.

Quando pensamos em férias, vem-nos logo à cabeça ir para outros países e esquecemo-nos do que é nosso. E é tão bom! Vou sugerir-vos cinco locais perfeitos para quem quiser ficar por cá. Vamos a isto?

1. Gerês

Começo pelo norte, Gerês. Para quem gosta de ar puro e descanso, é do melhor que há. Juro-vos que foi dos locais onde me senti mais ligada à natureza! Desde os cavalos selvagens (que encontramos em todo o lado) às mil e uma fontes de água fresca. A vila é bem pequenina, mas é aqui que encontramos as famosas termas do Gerês e restaurantes de comida tipicamente portuguesa, onde o caldo de verde é obrigatório. Para dormir é mesmo só escolher a vista que mais nos fascina. Desde hotéis a hostels, a variedade é mais que muita.

Catarina Faria

2. Aldeias de Xisto

Uns quilómetros mais abaixo, no Centro de Portugal, entre Castelo Branco e Coimbra, temos um dos recantos mais típicos e tradicionais de Portugal, as Aldeias de Xisto. As pessoas que aqui vivem são incríveis, fazem-nos sentir em casa e não deixam que nada nos falte, principalmente comida (experimentem o cabrito, ok?). Para quem gosta de comida portuguesa, encontra aqui o paraíso de sabores.

Para nos podermos refrescar, tem praias fluviais, como a Praia Fluvial das Fragas de São Simão, onde há várias atividades para os mais aventureiros, como BTT, rappel, slide, escalada, e muito mais. As aldeias de Xisto são compostas por 27 aldeias que encantam todos os que por lá passam. O que é as diferencia das restantes do País? É exatamente o que lhe dá o nome, o xisto. As casas são todas compostas por esta rocha. O ambiente das ruas, a Serra da Lousã e Açor, os Castelos em pleno estado de conservação fazem-nos sentir como se tivéssemos num autêntico conto de fadas.

Isabel Araújo Pereira/Pixabay

3. Leiria

Todos gostamos de pé na areia e cheirinho a maresia, não é? E isso é precisamente o que não falta na zona de Leiria. Praias de areia fina e clara e, claro, mar — que tanto dá para os que gostam de surf e bodyboard, como para quem prefere as águas mais calmas. Um areal que se estende desde a praia do Osso da Baleia (mesmo antes de Coimbra) à praia de Peniche. Bem, este último faz-me logo lembrar sardinhas acabadinhas de pescar. Se são apreciadores de peixe e mariscos, é uma excelente opção. Nesta zona ficam praias bem conhecidas, como a Nazaré (eternizada pelo surf), São Martinho do Porto, Praia do Baleal, entre outras.

Curly Made/Pixabay

Passeios de barco, workshops e observar as estrelas. O Vila Monte Farm House está no topo da minha lista

4. Monsaraz

Levo-vos agora para o interior, perto de Espanha: Monsaraz. Outra aldeia típica portuguesa que resistiu ao passar dos tempos e que mantém o seu peso histórico. As suas casas caiadas de branco que ladeiam as ruas pitorescas, o vale e o lago do Alqueva, o castelo… É, sem dúvida, uma das mais belas aldeias de Portugal. Não sei se vocês também fazem isto, mas seja qual for a cidade ou vila que visito, procuro o ponto mais alto para me maravilhar com as paisagens. Façam-no aqui: vão até ao Castelo de Monsaraz (com tempo) e percam-se naquela vista.

Catarina Faria

5. Costa Vicentina

Por último, mas não menos impressionante, a Costa Vicentina. É dos meus sítios preferido de Portugal, sabiam? O calor característico, as arribas, as praias indescritíveis… É uma viagem fantástica que ficará certamente na vossa memória. Os hostels nesta zona são ótimos, com excelentes condições, e se procuram uma experiência diferente podem também ficar numa casa de surfistas. Para quem não se pode mesmo aventurar em grandes despesas, os parques de campismo também são muito porreiros e ficam mais em conta. Porto Côvo, Vila Nova de Mil Fontes e Zambujeira do Mar são excelentes opções.

Celio Pires/Unsplash


Cinco locais diferentes, mas cada um melhor que o outro! E como difícil mesmo é escolher, bom bom era prolongar férias e fazer Portugal de Norte a Sul. Nunca fiz nada do género, mas deve ser uma grande experiência.

Ler mais