A notícia foi dada através da página de Facebook criada para ajudar a filha: Matilde, a bebé de dois meses que sofre de atrofia muscular espinhal de tipo I, já tem o dinheiro necessário para comprar o medicamento de dois milhões de euros que pode salvar a sua vida. Disponível apenas nos Estados Unidos, foi o preço exorbitante que levou os pais a pedirem ajuda. E conseguiram.

Quase todos os dias, a página é atualizada sobre os avanços e recuos do estado da criança, bem como os montantes angariados até ao momento. Esta terça-feira, 2 de julho, os pais deram a notícia de que o objetivo de dois milhões de euros tinha sido atingido.

Matilde. A bebé que precisa de um medicamento de 2 milhões de euros para sobreviver

“Queria dizer-vos que durante a manhã os papás tiveram reunidos com os médicos e como já estou melhor, em princípio subo hoje para a enfermaria”, pode ler-se no texto partilhado. “Atingimos o objetivo do valor do medicamento, provavelmente teremos despesas adicionais. Estamos a aguardar respostas protocolares e que a saúde da Matilde melhore para podermos avançar com os próximos passos”, explicam os pais.

“A todas as pessoas que organizaram e estão a organizar os eventos solidários para a nossa causa, deixamos ao vosso critério o que fazer a seguir. O valor que não for utilizado no tratamento da Matilde será doado às famílias com outras ‘Matildes’”, pode ler-se no texto publicado no Facebook.

Para além da página oficial, os pais de Matilde têm ido a programas para dar a conhecer a situação da filha. Exemplo disso foi a presença no “Você na TV” a 24 de junho.