Quem tem um cão sabe que eles são animais maravilhosos. No entanto, e como qualquer animal de estimação, requerem muitos cuidados. Até porque, como é retratado no filme “A Vida Secreta dos Nossos Bichos“, eles não param quietos sempre que saíamos pela porta fora. Por exemplo, sabia que não é boa ideia ter certas plantas em casa por serem tóxicas para os animais?

Conheça 10 coisas que os donos de cães não devem ter em casa.

5 razões por que deve adotar um gato (de acordo com a ciência)

1. Alimentos

Muitos dos alimentos que para nós são normais, e não nos fazem mal, podem ser perigosos para os animais de estimação. Se não sabe quais são os alimentos que deve manter longe do alcance do seu cão, a “American Veterinary Medical Association” tem uma lista com vários exemplos. Grãos de café, chá, abacate, uvas, cebola ou alho são alimentos a evitar. 

A associação aconselha ainda a manter o lixo longe dos animais, pois os alimentos que já estão em decomposição têm bactérias que podem causar uma intoxicação alimentar.

2. Certas plantas são perigosas

Existem algumas plantas domésticas que podem deixar o seu animal de estimação doente. As palmeiras-sagu, por exemplo, podem causar graves problemas intestinais, convulsões e danos ao fígado. Já as túlipas ou os narcisos podem causar problemas intestinais, fraqueza, depressão, problemas cardíacos ou coma. Estas plantas podem até provocar a morte ao seu cão.

6 sinais para perceber se o seu animal de estimação está triste

3. Ambientadores ou flores secas

É bom ter a casa a cheirar a frutos do bosque ou a pinheiro, graças aos ambientadores ou àquelas jarras com flores secas. Mas este tipo de produtos são perigosos se estiverem ao alcance do seu animal de estimação. Se o seu cão ingerir algum destes produtos, eles podem causar-lhe úlceras orais.

4. A naftalina é mortal

Certas pessoas gostam de colocar bolinhas de naftalina no interior dos armários ou das gavetas para afastar as traças e para manter a roupa a cheirar bem, no entanto, talvez não saibam que isso pode ser prejudicial aos animais.

Uma simples bolinha de naftalina pode causar doenças aos cães, como por exemplo, problemas de fígado ou de rins, danificar células do sangue ou convulsões. Se os animais inalarem a naftalina, podem ficar com problemas respiratórios. Já se por acaso comerem-na, podem mesmo morrer.

Mulher alerta para o perigo dos brinquedos de corda depois de o seu cão morrer

5. Doces

Quantas vezes já partilhou guloseimas com o seu animal de estimação enquanto estava a ver um filme ou uma série em casa? Bem, não o devia ter feito. Há certos doces que são perigosos para os animais.

Segundo a “Blue Cross for Pets“, o xilitol é uma das substâncias perigosas para os cães. Esta substância artificial presente nos doces que serve para substituir o açúcar, é tóxica para os animais de estimação podendo ser mesmo fatal. Outra substância fatal para os cães é a teobromina, presente nos chocolates.

6. Ratoeiras

Os cães são bichos bastante curiosos. Estão sempre a cheirar tudo e mais alguma coisa. Se por acaso tem ratoeiras em casa ou veneno para matar ratos, deve saber que são um perigo para o seu animal de estimação.

Por exemplo, ao cheirar ou pisar uma ratoeira, o cão pode ficar gravemente ferido. Já se ingerir um produto para os ratos pode mesmo acabar por morrer por intoxicação. A “American Veterinary Medical Association” alerta ainda que existem raticidas que podem não ter antídotos.

Sabe qual é o maior erro que pode cometer com um gato?

7. Aquecedores portáteis

A par dos cães, os aquecedores portáteis são os melhores amigos dos humanos — principalmente no inverno. No entanto, são um perigo para o os animais de estimação. De acordo com a “People’s Dispensary for Sick Animals“, os cães podem sofrer queimaduras se entrarem em contacto com o metal quente do aquecedor.

8. Cabos elétricos

Já aqui mencionámos a curiosidade dos animais, principalmente quando ainda são cachorros. Outra característica de um cão bebé é a sua vontade de roer tudo aquilo que lhe aparece à frente. Bem, pode acontecer que os animais tenham a infeliz ideia de morder um fio elétrico e acabem eletrocutados.

Como é praticamente impossível retirar todos os cabos de casa, é aconselhado aos donos que evitem que os cães andem sozinhos pela casa ou arranjar uma forma de colocar os fios fora do alcance dos animais de estimação.

Por favor não dê beijinhos ao seu animal — é perigoso para todos

9. Sacos de fertilizante, herbicidas ou anticongelante

Se tiver um quintal com um jardim cheio de flores, é provável que também tenha alguns sacos de fertilizante por lá espalhados. Seria boa ideia afastar esses sacos dos cães, bem como os herbicidas, uma vez que os animais podem roê-los e morrer envenenados.

Os anticongelante, que contém etilenoglicol, também são fatais para os animais — mesmo que em poucas quantidades.

10. Fita cola, cola líquida ou adesivos

Se por acaso também tem crianças em casa, sabe que há trabalhos da escola em que é necessário o uso de fita cola, adesivos ou mesmo cola líquida. Os cães podem ingerir esses produtos que podem formar massas gastrointestinais obstrutivas, ou seja, podem formar uma bola de cola em expansão no esófago ou no estômago do animal.