Bárbara Santos já não podia ouvir falar em açai e granola. E também não queria mais um espaço de comida saudável. Queria sim, isso de certeza, que do menu do restaurante que eventualmente abrisse constassem pratos asiáticos. Esta vontade ficou-lhe depois de um ano a viver no Vietname e mais uns tantos meses a viajar por esse lado do mundo.

A paixão pela Ásia é tal que, quando voltou a Portugal e percebeu que não conseguia comer cá aquilo a que habituou o seu paladar, pensou até em abrir um restaurante só com essa temática. A ideia acabou por não avançar, mas no lugar dela surgiu uma que consegue levar essa viagem gastronómica a múltiplos destinos.

Magnólia

Mostrar Esconder

Morada: Calçada de São Vicente, 95, Lisboa.
Horário: 10h-18h (fecha à quarta-feira)

No Magnólia, que abriu na Graça com a amiga de infância Crhystal Silva, servem-se brunches com influência dos cinco continentes. E comecemos pela América do Sul, mais precisamente pelo Brasil. É de lá que vem a tapioca com tomate, mozzarela, rúcula e pesto (5€).

Ainda na América, mas na Central, comem-se as quesadillas com feijão manteiga e mozzarella (8€), os huevos divorciados (9€) e a tosta de guacamole e ovo estrelado (7€). Se viajarmos para o o outro lado do mundo, provamos a shakshuka servida com ovo escalfado e pão naan de cereja e pistachio (9€) e o Banh Mi Op Ca, uma sandes de ovo estrelado, pickles, patê, queijo, molho de soja e coentros (6,50€).

O brunch de domingo do Sheraton está de volta — e tem banhos à mistura

Para aventuras mais ligeiras, o melhor é não sair da Europa. Ainda assim, não fica mal servido. Pode sempre pedir a torrada com doce e manteiga de alho (4€), a tosta mista feita com fiambre temperado com cravinho e queijo cheddar (5,50€) ou o típico English Breankfast, com cogumelos salteados, ovos mexidos, tomate cherry assado e feijão manteiga (10€).

O melhor de tudo? Pode deixar-se ficar por um prato ou misturar os paladares e escolher um pouco de todo o mundo. Ainda assim, as duas amigas sugerem um menu que, por 16€, o leva quase a uma circum-navegação. Tosta de guacamole e ovo, shakshuka e panquecas a encher o olho e, garantimos, o estômago — vá por nós e divida. Com sorte ainda sobra espaço, não diríamos para uma outra viagem, mas talvez para um escapadinha até à mesa grande montada no centro da sala. É lá que esta dupla expõe as sobremesas. Há um brownie bem americano, bolo de pistachio africano e um bom e velho pastel de natal. Porque se é bom ir, melhor ainda é voltar.