Hackers encontram microfone escondido em robô de cozinha do Lidl

Dois franceses estavam a instalar um jogo no Monsieur Cuisine Connect quando encontraram um microfone e um sistema operativo de 2017.

Dois informáticos desmontaram o aparelho para instalar um jogo e foram supreendidos por um microfone

Os franceses Alexis Viguié e Adrien Albisetti foram desafiados por um amigo a instalar o jogo Doom na Monsieur Cuisine Connect, um robô de cozinha low-cost com um tablet incorporado e ligação à Internet, vendido apenas nas lojas Lidl.

De acordo com o jornal espanhol “El Pais”, foi no decorrer desta brincadeira que a dupla encontrou um microfone oculto, assim como um sistema operativo desatualizado desde 2017, o Android 6.0.

Procuraram no Youtube um tutorial que os ensinasse a retirar o tablet inserido no robô de cozinha, para que pudessem aceder ao sistema operacional. Ao removerem o aparelho do eletrodoméstico, repararam que estava lá dentro o microfone, desativado, mas a funcionar bem.

“Não acreditamos que o Lidl nos queira espiar”, disse ao jornal espanhol Adrian, 30 anos, o francês de Rennes, recém formado na área da informática, que alerta para os perigos da conjugação daquele software desatualizado com o microfone — o aparelho poderá ser vulnerável a ataques de piratas informáticos que, desta forma, poderão ter acesso a conversas dos utilizadores do robô de cozinha.

Mas o risco é “limitado”, uma vez que o microfone apenas pode ser acedido por piratas, no caso de o aparelho estar ligado. “Por isso, é importante não esquecer de o desligar, quando não está a ser usado.”

Michel Biero, responsável pelo departamento de Marketing da cadeia de supermercados, em França, disse que o robô de cozinha vendido exclusivamente nas lojas Lidl, tem aquele sistema operativo, porque não precisa de outro mais atualizado. Mas o informático mostra o outro lado, sublinhando os perigos: “É perigoso ter um sistema operativo antigo porque não é atualizado e existem vulnerabilidades de segurança.”

Sobre o microfone, Biero explicou que a sua existência se prende com a possibilidade de vir a ser utilizado com o controlo de voz ou através do Alexa.

Só que nas instruções do aparelho não há referências a este objeto. Ao “JN”, uma fonte do Lidl Portugal disse que o microfone foi “instalado com vista a possível atualizações de software ou à introdução de outras funções do dispositivo para as quais pode ser necessário um microfone.”

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]