Vai abrir o primeiro hotel totalmente vegano na Escócia

Os lençóis, os produtos de limpeza e a carta do restaurante não são de origem animal. Além disso, os cães são permitidos no hotel.

A abertura está marcada para 15 de junho e o hotel já está a aceitar reservas

Chama-se Saorsa 1875 e identifica-se como o ponto de encontro para todos os viajantes veganos e vegetarianos que queiram experimentar aquilo que o empreendimento designa como sendo um “luxo ético”. Localizado em Pitlochry, uma pequena vila da era vitoriana, na Escócia, tem abertura marcada para 15 de junho.

E o hotel já captou a atenção de muitos curiosos, precisamente por ser o primeiro do país a não fazer uso de qualquer tipo de produto animal. Além da carta do restaurante, os lençóis de cama, os produtos de limpeza e a decoração do hotel é composta por produtos totalmente veganos e que não foram testados em animais.

A oferta gastronómica do hotel está a cargo do chef Luca Sordi, que se inspirou na natureza escocesa para criar pratos “eticamente sustentáveis” e com ingredientes regionais. Segundo a página oficial do hotel, “toda a comida é orgânica e colhida dos jardins do hotel ou das quintas da região.”

Nos quartos, todos os minibares vão estar repletos de opções saudáveis e veganas e até a eletricidade do empreendimento é fornecida pela Ecotricity — uma empresa vegana especializada em energias renováveis.

Além de toda a experiência vegana e sustentável, que é o mote do Saorsa 1875, o empreendimento dispõe ainda de 11 quartos e várias sessões de aventuras ao ar livre bem como atividades de saúde e bem-estar. Há ainda sessões de culinária em grupo para que os hóspedes possam aprender a cozinhar os pratos que são servidos no hotel.

Ao “The Independent”, Jack McLaren-Stewart, co-fundador do hotel, explicou que a ideia passou por dar a conhecer às pessoas que “o veganismo não é só uma escolha ética e por compaixão”, mas também “uma nova forma de viver uma vida em pleno”.

O hotel já está a aceitar reservas e fez saber que todos os cães de estimação são bem-vindos para acompanhar os donos durante a estadia.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]